Google Tag Manager

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Craniologia Dr. Gall 1757 a 1828

Craniologia 05
Craniometria ou Craniologia ou Frenologia. Um estudo antigo.
Craniologia Frenologia
Frenologia
Fonte: Elementos de Quiromancia – Francisco Valdomiro Lorenz – Editora Pensamento
Página 103 – Livro Esgotado na Editora em Julho de 2010.
Edição de 1992. – Capítulo 12 – Craniologia ou Frenologia ou ainda Cranioscopia.
O Dr. Gall, nascido no ano de 1757 e falecido em 1828, criou uma doutrina a que deu no nome de craniologia ou cranioscopia, e que depois, foi denominada, frenologia, para evitar o hibridismo do nome, porque sendo crânio de origem latina e lógica de origem grega, os eruditos acharam, acertado dever ser substituída a primeira palavra pelo vocábulo grego “phren”, de idêntica significação.
Os frenólogos afirmam que podem reconhecer as faculdades morais e intelectuais de uma pessoa pelo tamanho e forma das diferentes partes ósseas do crânio e pela formação deste.
O Dr. Gall considera o cérebro como formado por certo número de partes, das quais cada uma representa uma afeição, um instinto, ou uma faculdade, e diz que o desenvolvimento detas afeições, instintos e faculdades está em relação com o relativo tamanho da parte correspondente.
Segundo esta teoria, o crânio se amolda extamente sobre a massa encefálica, e por isso, apresenta dimensões, protuberâncias ou aparência, e depressões que correspondem à superfície do cérebro, e, por conseguinte, pode-se conhecer as afeições, as virtudes, os vicios e as diferentes faculdades do indivíduo pelo exame da superfície do seu crânio.
Esta teoria já foi muito discutida e descartada pelos cientistas atuais.
O fato é que escultores antigos, que  apresentavam o sábio Júpiter com uma cabeça grande e testa alta e a amorosa Vênus com testa baixa, Diana, inimiga do matrimônio, com a região occipital estreita, etc. denota que eles faziam uso deste conhecimento.
Gal distingue 35 partes do crânio, correspondentes a 35 faculdades psiquicas conforme as figuras.
Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

A voz e o riso

Voz


Os fisiognomonistas dizem que também pela voz se revela o caráter da pessoa.
Uma voz forte denota um homem sadio, as vezes também loquaz, curioso ou irascível.
Um voz fraca, fina, pode indicar debilidade, timidez e fácil percepção e tambéma astúcia.
Se a voz é clara, distinta, supomos um homem cauteloso, singelo, confiante e altivo.
Se a voz é trêmula e incerta, pode indicar alguma fraqueza, timidez, ciumes ou orgulho.
Uma voz mais ou menos rouca designa simplicidade e propensão à vaidade.
Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Universala Kongreso de Esperanto Havano Kubo 2010

Esperanto Aprenda
Estimado leitor.
Uma medida biométrica de idioma é capacidade de se fazer compreender em várias linguas.
De 17 a 24 de Julho de 2010, ocorreu em Havana, Cuba o 95º Congresso Universal de Esperanto.
Esperanto é uma lingua desenvolvida por um jovem polonês que insiste em existir em todo o mundo em meio ao total descaso da midia ou autoridades e tem grande utilidade na hospedagem internacional em casa de familias que se oferecem para hospedar os esperantistas. Serve para a comunicação internacional de modo fácil e simples. Esta lingua é viva e passou pela prova de duas guerras mundiais mantendo sua coesão e utilidade por mais de três gerações.
Veja o e-mail que recebi do meu amigo esperantista Luiz A. de O. Coelho, repassando o e-mail de Evandro Avellar, que esteve no Congresso Universal de Esperanto em Havana, Cuba de 17 a 24 de Julho de 2010.
Confira as fotos clicando no link abaixo.
Bom divertimento, estimado leitor.
“Amigos,
nosso colega de Valença, o Evandro participou do congresso deste ano em Havana. vejam só:
.............................................................
Karaj samideanoj,
queridos coidealistas,
> Jen kelkaj da fotoj per mia poŝttelefono de UK en Kubo:
eis aqui algumas fotos - feitas pelo celular - do congresso mundial de esperanto em cuba: http://picasaweb.google.com/evandro.avellar/95AUniversalaKongresoDeEsperanto#slideshow
>
> Kore,
>cordialmente
> Evandro Avellar

domingo, 25 de julho de 2010

Espelho espelho meu, existe alguem com rosto mais interessante que o meu?

 

Espelho Magico

Estimado leitor, veja as palavras do Espelho Mágico sobre o rosto:

Fonte: Elementos de Quiromancia de Francisco Valdomiro Lorenz, pag. 100 Editora Pensamento

Um rosto de aspecto agradável, com leves movimentos em direção aos olhos, quase sempre anuncia um coração nobre, incapaz de qualquer baixeza.

A beleza do riso acentua ainda mais a bondade e a generosidade.

Espelho Magico colorido

Quando uma pessoa ri e no rosto aparecem, perto dos ângulos labiais, tres linhas paralelas, isto pode significar dificuldade de atenção ou de aprendizado.

As maçãs do rosto quando são pronunciadas em excesso podem indicar sensualidade e egoismo.

Um rosto carnudo é em geral sinal de que a pessoa aprecia as boas coisas da vida.

Cavidades do rosto quando apresentam forma triangular podem indicar algum egoismo ou ciúmes.

As cavidades do rosto podem ser produzidas também por pesares e dificuldades na vida, principalmente por sofrimentos sejam eles morais ou físicos.

Em geral as rugas do rosto surgem com o peso dos pensamentos e com a idade.

Espelho Magico para Mulheres

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Biometria do Universo: “Deus Geometriza”, Pitágoras

 

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pitágoras

Pitágoras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Esta página foi modificada pela última vez às 17h12min de 20 de julho de 2010.

Pitágoras
Πυθαγόρας

Pitágoras

Nascimento
c. 580 a. C.-572 a. C.
Samos

Morte
c. 500 a. C.-490 a. C.

Ocupação
Filósofo, matemático, astrônomo

Escola/tradição
Pitagóricos, Naturalismo

Principais interesses
Metafísica, Música, Matemática,Ética, Política Astronomia

Influenciados
Filolau, Alcmeón, Parménides,Platão, Euclides, Empédocles,Hipaso, Kepler

Nota: se procura o escultor de mesmo nome veja Pitágoras de Samos (escultor)

Pitágoras de Samos (do grego Ο Πυθαγόρας ο Σαμιος) foi um filósofo e matemáticogrego que nasceu em Samos entre cerca de 570 a.C. e 571 a.C. e morreu em Metapontoentre cerca de 496 a.C. ou 497 a.C.

A sua biografia está envolta em lendas. Diz-se que o nome significa altar da Pítia ou o que foi anunciado pela Pítia, pois mãe ao consultar a pitonisa soube que a criança seria um ser excepcional.

Pitágoras foi o fundador de uma escola de pensamento grega denominada em sua homenagem de pitagórica.

Índice

Biografia

Da vida de Pitágoras quase nada pode ser afirmado com certeza, já que ele foi objeto de uma série de relatos tardios e fantasiosos, como os referentes a viagens e contatos com as culturas orientais. Parece certo, contudo, que o filósofo tenha nascido em 570 a.C. na cidade de Samos.

Fundou uma escola mística e filosófica em Crotona (colônias gregas na península itálica), cujos princípios foram determinantes para a evolução geral da matemática e da filosofia ocidental sendo os principais temas a harmonia matemática, a doutrina dos números e o dualismo cósmico essencial.

Acredita-se que Pitágoras tenha sido casado com a física e matemática grega Theano, que foi sua aluna. Supõe-se que ela e as duas filhas tenham assumido a escola pitagórica após a morte do marido.

Pitágoras cunhado em moeda.

Os pitagóricos interessavam-se pelo estudo das propriedades dos números. Para eles, o número, sinônimo de harmonia, constituído da soma de pares e ímpares - os números pares e ímpares expressando as relações que se encontram em permanente processo de mutação -, era considerado como a essência das coisas, criando noções opostas (limitado e ilimitado) e sendo a base da teoria da harmonia das esferas.

Segundo os pitagóricos, o cosmo é regido por relações matemáticas. A observação dos astros sugeriu-lhes que uma ordem domina o universo. Evidências disso estariam no dia e noite, no alterar-se das estações e no movimento circular e perfeito das estrelas. Por isso o mundo poderia ser chamado de cosmos, termo que contém as idéias de ordem, de correspondência e de beleza. Nessa cosmovisão também concluíram que a Terra é esférica, estrela entre as estrelas que se movem ao redor de um fogo central. Alguns pitagóricos chegaram até a falar da rotação da Terra sobre o eixo, mas a maior descoberta de Pitágoras ou dos seus discípulos (já que há obscuridades em torno do pitagorismo, devido ao caráteresotérico e secreto da escola) deu-se no domínio da geometria e se refere às relações entre os lados do triângulo retângulo. A descoberta foi enunciada no teorema de Pitágoras.

Pitágoras foi expulso de Crotona e passou a morar em Metaponto, onde morreu, provavelmente em 496 a.C. ou 497 a.C..

A escola de Pitágoras

Segundo o pitagorismo, a essência, que é o princípio fundamental que forma todas as coisas é o número. Os pitagóricos não distinguem forma, lei, e substância, considerando o número o elo entre estes elementos. Para esta escola existiam quatro elementos: terra, água, ar efogo.

Assim, Pitágoras e os pitagóricos investigaram as relações matemáticas e descobriram vários fundamentos da física e da matemática.

O pentagrama era o símbolo da Escola Pitagórica.‎

O símbolo utilizado pela escola era o pentagrama, que, como descobriu Pitágoras, possui algumas propriedades interessantes. Um pentagrama é obtido traçando-se as diagonais de umpentágono regular; pelas intersecções dos segmentos desta diagonal, é obtido um novo pentágono regular, que é proporcional ao original exatamente pela razão áurea.

Pitágoras descobriu em que proporções uma corda deve ser dividida para a obtenção das notas musicais no início, sem altura definida, sendo uma tomada como fundamental (pensemos numa longa corda presa a duas extremidades que, quando tangida, nos dará o som mais grave - e a partir dela, gerar-se-á a quinta e terça através da reverberação harmônica. Os sons harmônicos. Prendendo-se a metade da corda, depois a terça parte e depois a quinta parte conseguiremos os intervalos de quinta e terça em relação à fundamental. A chamada SÉRIE HARMÔNICA. À medida que subdividimos a corda obtemos sons mais altos e os interevalos serão diferentes. E assim sucessivamente. Descobriu ainda que frações simples das notas, tocadas juntamente com a nota original, produzem sons agradáveis. Já as frações mais complicadas, tocadas com a nota original, produzem sons desagradáveis.

O nome está ligado principalmente ao importante teorema que afirma: Em todo triângulo retângulo, a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa.

Além disto, os pitagóricos acreditavam na esfericidade da Terra e dos corpos celestes, e na rotação da Terra, com o que explicavam a alternância de dias e noites. A filosofia baseou uma doutrina chamada Filosofia explanatória Cristo-Pitagorica.

A escola pitagórica era conectada com concepções esotéricas e a moral pitagórica enfatizava o conceito de harmonia, práticas ascéticas e defendia a metempsicose.

Durante o século IV a.C., verificou-se, no mundo grego, uma revivescência da vida religiosa. Segundo alguns historiadores, um dos fatores que concorreram para esse fenômeno foi a linha política adotada pelos tiranos: para garantir o papel de líderes populares e para enfraquecer a antiga aristocracia, os tiranos estimulavam a expansão de cultos populares ou estrangeiros.

Dentre estes cultos, um teve enorme difusão: o Orfismo (de Orfeu), originário da Trácia, e que era uma religião essencialmente esotérica. Os seguidores desta doutrina acreditavam na imortalidade da alma, ou seja, enquanto o corpo se degenerava, a alma migrava para outro corpo, por várias vezes, a fim de efetivar a purificação. Dioniso guiaria este ciclo de reencarnações, podendo ajudar o homem a libertar-se dele.

Pitágoras seguia uma doutrina diferente. Teria chegado à concepção de que todas as coisas são números e o processo de libertação da alma seria resultante de um esforço basicamente intelectual. A purificação resultaria de um trabalho intelectual, que descobre a estrutura numérica das coisas e torna, assim, a alma como uma unidade harmônica. Os números não seriam, neste caso, os símbolos, mas os valores das grandezas, ou seja, o mundo não seria composto dos números 0, 1, 2, etc., mas dos valores que eles exprimem. Assim, portanto, uma coisa manifestaria externamente a estrutura numérica, sendo esta coisa o que é por causa deste valor.

Principais descobertas

Além de grandes místicos, os pitagóricos eram grandes matemáticos. Eles descobriram propriedades interessantes e curiosas sobre os números.

Números figurados

Ver artigo principal: Números figurados

Os pitagóricos estudaram e demonstraram várias propriedades dos números figurados. Entre estes o mais importante era o número triangular 10, chamado pelos pitagóricos de tetraktys, tétrada em português. Este número era visto como um número místico uma vez que continha os quatro elementos fogo, água, ar e terra: 10=1 + 2 + 3 + 4, e servia de representação para a completude do todo.

   α
α α
α α α
α α α α

A tétrada, que os pitagóricos desenhavam com um α em cima, dois abaixo deste, depois três e por fim quatro na base, era um dos símbolos principais do seu conhecimento avançado das realidades teóricas. Representação toda perfeita em si de qualquer um dos lados que se observe.

Números perfeitos

Ver artigo principal: Números perfeitos

A soma dos divisores de determinado número com exceção dele mesmo, é o próprio número. Exemplos:


  1. Os divisores de 6 são: 1,2,3 e 6. Então, 1 + 2 + 3 = 6.
  2. Os divisores de 28 são: 1,2,4,7,14 e 28. Então, 1 + 2 + 4 + 7 + 14 = 28.

Teorema de Pitágoras



Ver artigo principal: Teorema de Pitágoras



 

Uma das formas de demonstrar o Teorema de Pitágoras.

Um problema não solucionado na época de Pitágoras era determinar as relações entre os ladosde um triângulo retângulo. Pitágoras provou que a soma dos quadrados dos catetos é igual ao quadrado da hipotenusa.

O primeiro número irracional a ser descoberto foi a raiz quadrada do número 2, que surgiu exatamente da aplicação do teorema de Pitágoras em um triângulo de catetos valendo 1:


1^2 + 1^2 = x^2 \Rightarrow x^2 = 2 \Rightarrow x=\pm\sqrt{2}

Os gregos não conheciam o símbolo da raiz quadrada e diziam simplesmente: "o número que multiplicado por si mesmo é 2".

A partir da descoberta da raiz de 2 foram descobertos muitos outros números irracionais.

Reitor da primeira universidade



 

Estátua de Pitágoras.


 

Pitágoras,
pormenor d'A escola de Atenas deRaffaello Sanzio (1509).

A palavra Matemática (Mathematike, em grego) surgiu com Pitágoras, que foi o primeiro a concebê-la como um sistema de pensamento, fulcrado em provas dedutivas.

Existem, no entanto, indícios de que o chamado Teorema de Pitágoras (c²= a²+b²) já era conhecido dosbabilônios em 1600 a.C. com escopo empírico. Estes usavam sistemas de notação sexagesimal na medida dotempo (1h=60min) e na medida dos ângulos (60º, 120º, 180º, 240º, 360º).

Pitágoras percorreu por 30 anos o Egito, Babilônia, Síria,Fenícia e talvez a Índia e a Pérsia, onde acumulou ecléticos conhecimentos: astronomia, matemática,ciência, filosofia, misticismo e religião. Ele foi contemporâneo de Tales de Mileto, Buda, Confúcio e Lao-Tsé.

Quando retornou à sua cidade natal, Samos, indispôs-se com o tirano Polícrates e emigrou para o sul da Itália, na ilha de Crotona, de dominação grega. Aí fundou a Escola Pitagórica, a quem se concede a glória de ser a "primeira Universidade do mundo".

A Escola Pitagórica e as atividades se viram desde então envoltas por um véu de lendas. Foi uma entidade parcialmente secreta com centenas de alunos que compunham uma irmandade religiosa e intelectual. Entre os conceitos que defendiam, destacam-se:


  • prática de rituais de purificação e crença na doutrina da metempsicose, isto é, na transmigração da alma após a morte, de um corpo para outro. Portanto, advogavam a reencarnação e a imortalidade da alma;
  • lealdade entre os membros e distribuição comunitária dos bens materiais;
  • austeridade, ascetismo e obediência à hierarquia da Escola;
  • proibição de beber vinho e comer carne (portanto é falsa a informação que os discípulos tivessem mandado matar 100 bois quando da demonstração do denominado Teorema de Pitágoras);
  • purificação da mente pelo estudo de Geometria, Aritmética, Música e Astronomia;
  • classificação aritmética dos números em pares, ímpares, primos e fatoráveis;
  • "criação de um modelo de definições, axiomas, teoremas e provas, segundo o qual a estrutura intrincada da Geometria é obtida de um pequeno número de afirmações explicitamente feitas e da ação de um raciocínio dedutivo rigoroso" (George Simmons);
  • grande celeuma instalou-se entre os discípulos de Pitágoras a respeito da irracionalidade do 'raiz de 2'. Utilizando notação algébrica, os pitagóricos não aceitavam qualquer solução numérica para x² = 2, pois só admitiam números racionais. Dada a conotação místicaatribuída aos números, comenta-se que, quando o infeliz Hipasus de Metapontum propôs uma solução para o impasse, os outros discípulos o expulsaram da Escola e o afogaram no mar;
  • na Astronomia, idéias inovadoras, embora nem sempre verdadeiras: a Terra é esférica, os planetas movem-se em diferentes velocidades nas várias órbitas ao redor da Terra. Pela cuidadosa observação dos astros, cristalizou-se a idéia de que há uma ordem que domina oUniverso;
  • aos pitagóricos deve-se provavelmente a construção do cubo, tetraedro, octaedro, dodecaedro e a bem conhecida "seção áurea";
  • na Música, uma descoberta notável de que os intervalos musicais se colocam de modo que admitem expressões através de proporções aritméticas. Pitágoras - assim como outros filósofos gregos pré-socráticos - também descreveu o poder do som e seus efeitos sobre a psique humana. Essa experiência musicoterápica possivelmente foi utilizada mais tarde por Aristóteles como base teórica para sua definição de música, que, segundo ele, era uma "arte medicinal".

Pitágoras é o primeiro matemático puro. Entretanto é difícil separar o histórico do lendário, uma vez que deve ser considerado uma figura imprecisa historicamente, já que tudo o que dele sabemos deve-se à tradição oral. Nada deixou escrito, e os primeiros trabalhos sobre o mesmo deve-se a Filolau, quase 100 anos após a morte de Pitágoras. Mas não é fácil negar aos pitagóricos - assevera Carl Boyer - "o papel primordial para o estabelecimento da Matemática como disciplina racional". A despeito de algum exagero, há séculos cunhou-se uma frase: "Se não houvesse o 'teorema Pitágoras', não existiria a Geometria".

Ao biografar Pitágoras, Jâmblico (c. 300 d.C.) registra que o mestre vivia repetindo aos discípulos: “todas as coisas se assemelham aos números”.

A Escola Pitagórica ensejou forte influência na poderosa verba de Euclides, Arquimedes e Platão, na antiga era cristã, na Idade Média, naRenascença e até em nossos dias com o Neopitagorismo.

Pensamentos de Pitágoras


  1. Educai as crianças e não será preciso punir os homens.
  2. Não é livre quem não obteve domínio sobre si.
  3. Pensem o que quiserem de ti; faz aquilo que te parece justo.
  4. O que fala semeia; o que escuta recolhe.
  5. Ajuda teus semelhantes a levantar a carga, mas não a carregues.
  6. Com ordem e com tempo encontra-se o segredo de fazer tudo e tudo fazer bem.
  7. Todas as coisas são números.
  8. A melhor maneira que o homem dispõe para se aperfeiçoar, é aproximar-se de Deus.
  9. A Evolução é a Lei da Vida, o Número é a Lei do Universo, a Unidade é a Lei de Deus.
  10. A vida é como uma sala de espetáculos: entra-se, vê-se e sai-se.
  11. A sabedoria plena e completa pertence aos deuses, mas os homens podem desejá-la ou amá-la tornando-se filósofos.

Anima-te por teres de suportar as injustiças; a verdadeira desgraça consiste em cometê-las

Importância para o Direito


Pitágoras foi o primeiro filósofo a criar uma definição que quantificava o objetivo final do Direito: a Justiça. Ele definiu que um ato justo seria a chamada "justiça aritmética", na qual cada indivíduo deveria receber uma punição ou ganho quantitativamente igual ao ato cometido. Tal argumento foi refutado por Aristóteles, pois ele acreditava em uma justiça geométrica, na qual cada indivíduo receberia uma punição ou ganho qualitativamente, ou proporcionalmente, ao ato cometido; ou seja, ser desigual para com os desiguais a fim de que estes sejam igualados com o resto da sociedade.

Bibliografia


SPINELLI, Miguel. Filósofos Pré-Socráticos. Primeiros Mestres da Filosofia e da Ciência Grega. 2ª Ed., Porto Alegre: Edipucrs, 2003

Ligações externas


Os Versos de Ouro de Pitágoras

Wikiquote

O Wikiquote tem uma coleção de citações de ou sobre: Pitágoras.

Este artigo pertence à série: Filósofos Pré-socráticos

Alcmeão | Anaxágoras | Anaximandro | Anaxímenes | Arquelau | Arquitas | Crítias | Demócrito | Diógenes | Empédocles | Ferécides | Filolau | Górgias| Heráclito de Éfeso | Hípias | Íon | Leucipo | Melisso | Parmênides | Pitágoras | Pródico | Protágoras | Tales | Timeu de Locres | Xenófanes | Zenão de Eleia

Atomismo | Escola eleática | Escola de Mileto | Escola pitagórica | Escola pluralista | Escola sofística editar

Portal Matemática


Categorias: Pitagóricos | Pré-socráticos | Matemáticos da Grécia Antiga | Filósofos da Grécia Antiga | Geómetras | Ciência greco-romana |Cientistas da Grécia

 


 


Filosofia explanatória Cristo-Pitagorica


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Filosofia_explanatória_Cristo-Pitagorica


Filosofia explanatória Cristo-Pitagorica é uma doutrina Cristã com bases em Cristo e na filosofia de Pitagoras, começou na Grécia, em época de dominação romana. Pouco se sabe sobre essa religião, somente especulações baseadas em manuscritos muito antigos.

A filosofia acredita na existência de outros planos espirituais, além deste, com que se pode fazer contato com seres mais evoluídos. De tempos em tempos um desses seres evoluídos desce no plano terrestre para trazer ensinamentos de paz e altruísmo, são os chamados Teguéias.

Os adeptos acreditam que Pitágoras foi um dos Teguéias e que Jesus Cristo teve contato com a filosofia durante seus anos obscuros, onde teria viajado para a Índia em busca de aprendizado.

Uma série de contos indianos falam sobre os Teguéias, tendo eles sofrido algumas alterações ao longo dos anos. Conta-se que o maior dos Teguéias foi Thaynam Rahim Khan, que é descrito em vários contos como um grande sábio. A maioria das ilustrações de alguns livros e contos pertencem a ele.

Essa doutrina não possui igreja específica, sendo objeto de ensino oral. Os livros que contam sobre essa doutrina são raros de se encontrar e poucos foram traduzidos para outras línguas que não o grego ou indiano.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Eneagrama. Ricardo Castello Branco é entrevistado sobre Liderança

Eneagrama.


Estimado leitor, meu amigo de muitos anos, que mora em Joinville, Ricardo Castello Branco,


 Coach e Docente do Instituto Eneagrama, foi entrevistado pela Revista OQ sobre o tema:
A Influência das Emoções na Liderança, com uma abordagem através do Eneagrama.

Confira no extrato da revista abaixo.
Parabéns Ricardo,
Votos de muito sucesso.
Para saber mais, visite http://www.eneagrama.com.br

Um abraço, estimado leitor,
Jorge Purgly

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Que notas são essas?

 

Notas, uma medida de aprendizado?

Educacao e notas

Estimado leitor, tenho este texto em arquivo há mais de um ano e várias vezes me pediram para publica-lo no blog porque é um assunto sempre atuat.

 

A Evolução da Educação

 

Antigamente se aprendia a ler em Francês na escola. Antes disso a lingua estrangeira era o Latim.

Veja a imagem abaixo:

Que notas são essas

Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação, datilografia...
Havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas.

Que notas sao essas portugues

 


Leiam relato de uma Professora de Matemática:


  Semana passada comprei um produto que custou R$15,80.
  Dei à balconista R$ 20,00 e peguei na minha bolsa 80 centavos, para evitar receber ainda mais moedas. A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora, aparentemente sem saber o que fazer.Tentei explicar que ela tinha que me dar 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. 

 

  Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. 

 

  Por que estou contando isso?

 

Porque me dei conta da evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi mais ou menos assim:


Ensino de matemática em 1950:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo deprodução é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro?


Ensino de matemática em 1970:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou R$80,00. Qual é o lucro?


Ensino de matemática em 1980:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de  produção é R$80,00. Qual é o lucro?


Ensino de matemática em 1990:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00


Ensino de matemática em 2000:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$80,00. O lucro é de R$20,00.
Está certo?
( )SIM ( ) NÃO


Ensino de matemática em 2009:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produçãoé R$80,00. Se você souber ler coloque um X no R$20,00.
( )R$20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00


Em 2010 vai ser assim:
  Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produçãoé R$80,00. Se você souber ler coloque um X no R$20,00. (Se você é afrodescendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social não precisa responder)
( )R$20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00


  E se um moleque resolve pichar a sala de aula e a professora faz com que ele pinte a sala novamente, os pais ficam enfurecidos pois a professora provocou traumas na criança, e a professora é punida administrativa e criminalmente...


  Em 1969 os pais do aluno perguntavam ao aluno: "Que notas são estas...????


  Em 2009 os pais do aluno perguntam ao professor: "Que notas são estas...????


  Essa frase foi vencedora em um congresso sobre vida sustentável:
"Todo mundo pensa em deixar um planeta melhor para nossos filhos...
Quando é que pensarão em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"
  Passe adiante!
  Precisamos começar JÁ!


  Uma criança que aprende o respeito e a dignidade dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive....

Educacao nas varias eras

Antigamente os desenhos na TV eram assim:

 

Desenho 01

 

Desenho 02

 

Desenho 03

 

Desenho 04

 

 

Desenho 05

 

Desenho 06

 

Desenho 07

 

Desenho 08

 

Desenho 09

 

Desenho 10

 

Desenho 11

 

 

Desenho 12

 

Desenho 13

 

Desenho 14

 

Desenho 15

 

Desenho 16

 

Desenho 17

 

E estes são o resultado de um excelente trabalho atual no Photoshop.

Bom divertimento!

Desenho 20

 

Desenho 21

 

Desenho 22

 

Desenho 23

 

Desenho 24

 

Desenho 25

 

Desenho 26

 

Desenho 27

 

Desenho 28

Desenho 30

Desenho 31

Desenho 32

Desenho 33

Desenho 34

Desenho 35

Desenho 36

Desenho 37

Desenho 38

Desenho 39

Desenho 40

Desenho 42

Desenho 43

Desenho 44

Desenho 45

Desenho 46

Desenho 47

Desenho 48

Desenho 49

Desenho 50

Desnho 29

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda