Google Tag Manager

terça-feira, 2 de abril de 2013

Plexos e Chakras

Plexos e Chakras


28P- Como saber se um chacra está fechado (obstruído)?

28R- Olhando de frente para um espelho, o movimento do chacra obstruído é no sentido horário.



29P- Como saber se um chacra está aberto?

29R- O movimento do chacra é no sentido antihorário de quem se olha no espelho.



40P- Qual a sensação da congestão?

40R- De peso. É de leveza na desobstrução.



48P- O que produzem os distúrbios do chacra básico?

48P- Na inibição: disfunções sexuais.

Na congestão: Inflamações e infecções na região genital e sistema excretor.



50P- O que produzem os distúrbios do chacra esplênico?

50R- Prostatite, colite, irritação nos intestinos, tumores na bexiga, disfunções sexuais, prazer de forma agressiva, violência sobre as crianças.



52P- O que é despertar?

52R- É trabalhara as energias que o chacra exprime.

É vencer a vaidade, a inveja, o orgulho.

É buscar a criatividade espiritual.

É progredir da tríade inferior para a tríade superior.



55P- Quais são outros distúrbios do chacra esplênico ou chacra radial?

55R- Agressividade e violência

Sedutor

Objetos sexuais



56P- Como evitar os distúrbios?

56R- Buscar a disciplina alimentar,

praticar a higiene e desenvolver o controle emocional.



57P- Por quanto tempo perdura a irritação em nossa aura, após ter cessado a causa?

57R- Uma energia de irritação fica em nossa aura por cerca de 48 horas após o termino da causa.

Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.




58P- Que conseqüências produz uma explosão de raiva?

58R- Entre outras, uma explosão de raiva produz rombos no duplo etérico, permitindo interferência extrafísica.



61P- O que produzem os distúrbios do chacra gástrico?

61R- Doenças intestinais, estomacais e problemas no fígado e baço. Angústia e falta de alegria.

62P- Como podemos prevenir os distúrbios do chacra gástrico?

62R- A defesa é o CIRCUITO.

O CIRCUITO é tambem uma forma concreta de estar ajudando a humanidade. O Brasil é um grande centro energético e os Amparadores sabem encaminhar a energia positiva do CIRCUITO para quem mais precisa.





65P- Quando se faz CIRCUITO devemos pensar em quem queremos ajudar?

65R- Em geral, não convém. Os amparadores direcionam as energias e sabem quem dela necessita.



66P- O que produzem os distúrbios do chacra cardíaco?

66R- Problemas do coração, tais como enfarto, problemas de pressão (com derrame como conseqüência), e que podem ser problemas de chacra gástrico ou cardíaco, dependo da polarização.



68P- O chacra cardíaco é importante para as nossas emoções?

68R- Sim! É muito importante. Deve-se trabalhar o afeto que leva ao amor altruísta.



70P- O que produzem os distúrbios do chacra laríngeo?

70R- Problemas no sistema nervoso, muscular, de pele e queda de cabelos. (Perdemos normalmente em média 270 cabelos/dia).



72P- O que pode produzir a disfunção da paratireóide?

72R- Contrações violentas que podem levar à perda de memória. A contração muscular é baseada no equilíbrio potássio-cálcio. É recomendável ingerir alimentos ricos em potássio, por exemplo, a banana.



76P- O que produzem os distúrbios do chacra frontal?

76R- Dores de cabeça, dores nos olhos, sinusite, rinites, etc.





Curso A/C

Nona aula: Desencarnação

Perguntas: 1,2,3,5,22,25,26,31,33,50,51,52,53,54



1P- Por que temos medo de morrer?

1R- Porque não nos preparamos adequadamente para o desencarne.



2P- O que podemos fazer, enquanto encarnados, para morrer melhor?

2R- Autoformação!



3P- Do que depende o tempo de vida do nosso corpo físico-etérico?

3R- Dos carmas,

Da autoformação,

Da melhora da energia,

De buscarmos lugares bons, adequados ao nosso nível.



5P- A doação de orgãos é benéfica?

5R- SIM! A doação de orgãos é um grande benefício para nós mesmos.



22P- O que é o sono?

22R- O sono é um descanso orgânico.

Precisamos ter repouso. Com a nossa vida intoxicamos o nosso corpo. No repouso, existe um processo de desintoxicação.

O sono é importante para a liberação dos nossos desejos.

Precisamos também repor parte do duplo-etérico perdido na vigília física ordinária (quando estamos acordados).



25P- É suficiente cochilar para repor as energias astrais?

25R- Não! Para repor as energia astrais é necessário mais tempo.



26P- O que devemos fazer na hora de dormir para se ter um bom sono?

26R- Lembrar da prece e de pedir ajuda ao amparador.



31P- O que é importante enquanto encarnados?

31R- Aproveitarmos a atual encarnação e trabalhar as nossas energias.



33P- Qual a nossa reação normal no momento do desencarne?

33R- No momento do desencarne, em geral, nossa reação é de desequilibrio.

O desequilíbrio da família , as vezes, atrapalha a retrospectiva.



50P- Como podemos resgatar o carma do abôrto?

50R- Trabalhando com crianças, resgatamos o carma do abôrto.



51P- É conveniente fazermos regressão de vidas passadas?

51R- Não! O nosso desenvolvimento natural nos leva a saber o que nos for útil de encarnações passadas, sem forçamentos.



52P- O que é a eutanásia?

52R- É a abreviação da vida física. É crime físico e é impedimento à queima de carmas do encarnado.

Afeta o psicossoma e dificulta o trabalho de desligamento.



53P- A eutanásia é permitida para os animais?

53R- Sim. É permitida a eutanásia nos animais para poupa-los do sofrimento.



54P- Qual a melhor preparação para a morte?

54R- É vivermos bem, sem culpas. Trabalhando nossos carmas, auxiliando as pessoas na cosmoética e fazendo autoformação.



Curso A/C

Décima aula: Reencarnação

Perguntas: 30,31,32,33,34



30P- Qual o objetivo do autoexame?

30R- Perceber o real motivo da nossa encarnação.

Evitar falhas.



31P- Quais os 3 passos do autoexame?

31R- 1- Primeiro passo: Exame

2- Segundo passo: Autoformação

3- Terceiro passo: Compreensão, aceitação e ação.



32P- Como é o primeiro passo do autoexame?

32R- É examinar:

1- nossas características, virtudes e fraquezas

2- nossas oportunidades

3- nosso ambiente



33P- Como é o segundo passo do autoexame?

33R- Modificar nosso caráter:

1- Elevar virtudes

2- Reduzir fraquezas

3- Modificar o nosso ambiente



34P- Como é o terceiro passo do autoexame?

34R- É exercitar a compreensão, a aceitação e a ação:

1- Compreender e aceitar a lei do carma

2- Aprender

3- Trabalhar

4- Criar vínculos positivos

5- Resgatar vínculos negativos

6- Participar do processo evolutivo de modo positivo e consciente

7- Contribuir para a concretização do Plano Divino.



Curso A/C

Décima primeira aula: Mediunidade

Perguntas: 2,22,27,28,29,52,53,54,55,56,57

2P- Qual a melhor forma de desenvolver a mediunidade?

2R- Através da autoformação. A aura ou psicosfera atrai pessoas semelhantes. Ajudar-se e ajudar a outras pessoas é a melhor técnica para se desenvolver a mediunidade.



22P- Como a mediunidade funciona?

22R- Pela sintonia através da nossa aura. A atuação é pelo mesmo padrão vibratório



27P- Qual a conseqüência do uso inadequado da mediunidade?

27R- Agravamento cármico e perda da prova por interesse do médium.



28P- Benzeduras são prejudiciais?

28R- É uma questão de intenção. As benzedeiras são em geral, pessoas simples, bem intencionadas, que fazem muito bem a quem as procura. São dedicadas e recebem o que lhes dão de bom grado, sem cobrar consulta. O médium deve ser sempre humilde.



29P- É licito ganhar dinheiro nas profissões de terapeuta, medico-espirita, professor?

29R- Sim! Porque as pessoas que exercem estas profissões estudaram e tem nesta atividade o seu meio de vida.



52P- Quais a qualidades do bom médium?

52R- O bom médium é aquele que:

1- Utiliza os pensamentos com cuidado

2- Não tem apego material

3- Está sempre disposto e pronto

4- Não possui vícios

5- Estuda

6- É humilde

7- É autoconfiante

8- É corajoso

9- Trabalha com autoformação.



53P- Quais os cuidados que se deve ter com os pensamentos?

53R- A aura reflete nossos pensamentos.

Devemos estar vigilantes para controlar nossos pensamentos,



54P- Quais os cuidados que se deve ter com o apego material?

54R- Devemos usar os bens, sem apego.

A falta de algo não é desculpa.

A família faz parte da humanidade.



55P- Quais os cuidados que se deve ter para estar sempre disposto e pronto?

55R- O médium deve ter uma disciplina muito intensa. O médium não estabelece horários quando se trata de ajudar os outros.



56P- Por que não se deve possuir vícios?

56R- Vícios atraem obsessores.

Obsessores atraem doenças físicas e extrafísicas.

O passo deve ser dado em ambientes adequados.

É melhor fazer CIRCUITO em eventos do dia determinados, além dos circuitos usuais.



57P- Quais os cuidados que se deve ter em geral, com a própria mediunidade?

57R- “Não se meta com o que você não conhece!”

Se possivel, massagista e barbeiro devem ser escolhidos com cuidado.

A proximidade física facilita o acoplamento aurico.



Curso A/C

Décima segunda aula: Projeção

Perguntas: 5,8,10,25,27,30,34,35,36,37,38,54,55,56,59,60



5P- Quando nos projetamos?

5R- Todas as noites, ao dormir, só que em geral, não nos lembramos.



8P- O que ocorre quando dormimos?

8R- Quando dormimos, ocorre o desencaixe dos corpos e a projeção.



10P- Com quem ocorre a projeção?

10R- Com todos, independentemente de sexo, idade, crença ou religião, raça ou comportamento (um bandido, por exemplo, também se projeta), e independentemente da nossa vontade. A projeção é tão antiga quanto a humanidade.



25P- Por que, em geral, não conseguimos uma projeção lúcida?

25R- Porque usamos cerca de 10% do nosso hemisfério cerebral e usamos apenas cerca de 30% dos nossos pulmões. Só usamos também 25% do nosso potencial psíquico.

Precisamos aprender a pensar, a respirar e a usar as nossas energias mentais.



27P- O que precisamos fazer para ter projeções de psicossoma com lucidez?

27R- Desenvolver o uso do cérebro através de habilidades intelectuais e permeações sensoriais. Cuidar, no período que estamos acordados no veiculo físico, de nossos pensamentos, palavras e ações.



30P- O que ajuda a nossa projeção?

30R- É ter um bom dia.

Fazer circuitos bons ao longo do dia.

Respeitar o parceiro sexual, evitando desregramentos.

Fazer prece ao dormir pedindo proteção.

Ter um caderno junto à cabeceira da cama. Anotar a projeção ao acordar.



34P- Quais são as maiores dificuldades encontradas na projeção?

34R- Temos medo do desconhecido.

Temos medo de falhar.

Temos falta de afinidade energética para irmos à determinados lugares.



35P- Como nos comunicamos?

35R- Na crosta, percebemos as entidades e usamos a voz para a comunicação.

No plano extrafísco usamos as idéias telepáticas (sem palavras).

No plano mental superior, usamos as idéias puras (transmitidas telepaticamente).



36P- O ronco afeta a projeção?

36R- O ronco é um distúrbio da respiração que não afeta a projeção.



37P- Se o quarto está escuro quando adormecemos, estaremos no escuro ao nos projetarmos?

37R- Não. No astral, não estaremos no escuro, independentemente do quarto estar escuro ou não, se não quisermos estar no escuro.



38P- Quais as ocorrências básicas na projeção?

38R- 1- Sentir a consciência sair do corpo físico.

2- Sentir a consciência pairar acima do corpo físico.

3- Sentir estar se deslocando para um ponto distante, sem usar o corpo físico, vendo o próprio corpo físico deitado.



54P- O que fazer em caso de pesadelo?

54R- Ter pensamentos positivos.

Meditação.

Terapia alternativa.



55P- Quando é em geral, caso de obsessão?

55R- Quando a manifestação é menos passageira. Quando as imagens negativas são razoáveis, pois foram introduzidas pelo obsessor. Quando continuamos durante o dia relembrando o episódio. A obsessão acomete mais os adultos. “ Quando existe uma emotividade insinuante, estranha, exótica, que a gente sabe que não é da gente, é do obsessor.”



56P- O que pode ser a causa de acordar à noite com muita fome?

56R- Pode ser auto-obsessão.



59P- O que podemos fazer durante a projeção?

59R- Durante a projeção, vamos de encontro às nossas afinidades. Podemos fazer grandes realizações em cursos e assistência social. Podemos fazer também realizações ruins, como premeditar maldades no astral ou praticar espionagem.



60P- O que podemos fazer, quando acordados, para ter uma boa projeção?

60R- Dar condições ao psicossoma para trabalhar bem. Praticar:

1- O autoconhecimento

2- A cosmoética

3- Os 5 Pês da autoformação

- 1- Propósito

- 2- Pundonor (dignidade)

- 3- Paciência (fé)

- 4- Persistência

- 5- Perspectiva (meditação)



Curso A/C

Décima terceira aula: Universalismo

Perguntas: 2,3,4,7,8,14,15,17,18,27,28,29,39,40



2P- Quais são as principais tarefas assistenciais?

2R- “Dar o peixe e ensinar a pescar.” Isto é,

1- consolo, apoio, atenção e

2- esclarecimento e orientação.



3P-Quais os exemplos do nascimento de Jesus de Nazaré?

3R- Ele veio para os pastores e para os pobres.

- Jesus, médium paranormal encarnado com constituição energética diferente, deu o exemplo da humildade; viveu para servir, a riqueza está dentro dele.

- Devemos buscar a riqueza interior.



4P- O que é ser homem de boa vontade?

4R- Ter como exemplo a vida de Jesus aos 7 anos:

- Prestar auxilio

- Buscar o crescimento espiritual

- Reconhecer as oportunidades

- Expressar boa vontade

- Ter gratidão

- Manter ação dentro da cosmoética

- Estar sempre em contato com os amparadores.



7P- Que tipos de limpeza a água proporciona?

7R- Limpeza física e limpeza energética.



8P- Qual o exemplo dado por Jesus quando foi batizado por João Batista?

8R- Que deve haver respeito à uma Ordem superior.

Que deve haver humildade para se estar mais em contato com o plano espiritual.



14P- Qual a luta da autoformação?

14R- É a luta do conflito interior.

Do combate aos vícios e defeitos.



15P- O que é ter desapego?

15R- É viver sem apegos. É viver sem vínculos com bens materiais e buscar os bens espirituais.

É o uso da parte espiritual. É o desapego aos grupos, desapego aos conflitos.

É a aprendizagem do amor, sem exclusivismos e a vivência fraternal.



17P- O que é ser disponível?

17P- É arrumar tempo para aquilo que julgamos importante.

É a busca de oportunidades para cumprir a missão.

É servir a qualquer tempo.



18P- O que é arrogância?

18R- É a atitude de defender “a nossa verdade”.

É a atitude de querer ser “o dono da verdade”.

É não ter humildade e não dar ouvidos.

Nossa arrogância nos permite enxergar muito pouco.

As vivências podem nos ajudar muito.



27P- Qual o valor da prece?

27R- A prece estimula a força de vontade. A prece nos ajuda nos conflitos.



28P- Como devemos orar?

28R- Dirigir-se ao Pai da Criação com humildade.

Que venha a nós o Reino de Deus (Felicidade, Amor, Paz e Justiça).

Que o Reino de Deus está dentro de nós.

Que seja feita a vontade de Deus (evitar a nossa teimosia).

Não se colocar com vítima.

Pedir perdão e perdoar.

Apagar o ódio, o rancor e a mágoa.

Pedir amparo.

Lembrar que aqui na terra predomina o egoismo e a personalidade.

Buscar a autoformação.

Mudar a nossa condição energética.

Não ser porta aberta para as influências negativas.

Ao dizer AMEN, que assim seja, devemos desejar que seja feita a Vontade de Deus, não a nossa.



29P- Como colocar em prática?

29R- Usar os ensinamentos que nós já compreendemos.

“Fiquem com o que é digno, como ovelhas em meio a lobos, prudentes como as serpentes e simples como os pombos.”

Dar de graça o que de graça receber.

Não esperar nada em troca do auxílio.

Evitar de se envolver com energias mais densas.

Ser cauteloso e prudente.

“Os ensinamentos são para quem quiser ouvir.



39P- O que devemos tem em mente?

39R- Que o Cristo perdoou a todos nós.

Devemos ter a força de vontade de seguir a Jesus.

Lembrar da materialização de Jesus e a sua despedida:

“Receberão o Espirito Santo”.

“Caminhem como ovelhas em meio de lobos”.

“Vou deixar o mundo novamente e vou para o meu Pai”.

“Estarei com vocês, todos os dias, até o fim dos tempos”.



40P- O que devemos fazer do nosso tempo?

40R- Aproveita-lo para reaver a nossa dignidade espiritual.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda