Google Tag Manager

quinta-feira, 18 de julho de 2013

12 motivos para aprender Inglês

12 Motivos para Aprender Inglês












Copyright das imagens
www.editoraviena.com.br
reproduzido mediante prévia
permissão por escrito
Livro New Fast English 
ISBN 978-85-371-0148-3
Vedada a reprodução.

12 Motivos para aprender Inglês

1- Fazer compras melhor e mais barato.
2- Turismo
3- Internet
4- Receber visitantes
5- Uso profissional
6- Para o doutorado
7- Leitura
8- Cinema
9- Vida social
10- Musica
11- Relacionamento
12- Reputação e credibilidade

Analise Mao

Análise Mão









































O que estas mãos podem revelar?

1- O tamanho da mão
Esta é uma mão grande.
Ela indica força, materialidade, saúde, espírito de análise e de minúcia, delicadeza e espiritualidade.
A mão tem palma larga, o que indica franqueza.
Como se apresenta macia, indica sensualidade, fantasia e intuição.
Por se apresentar corada, revela vitalidade.
A mão cavada na palma revela amor ao dinheiro.

2- O tipo de mão
A mão filosófica tem a palma grande, elástica e macia.
Os seus dedos, mais ou menos nodosos, tem as falanges meio-redondas e meio-ponteagudas, de maneira que formam uma espátula ovoide.
É a mão dos que amam sobretudo a verdade, a liberdade, a razão e a justiça, vivendo, ao mesmo tempo, no mundo da realidade e no mundo da imaginação.
Se devem escolher entre o verdadeiro e o belo, preferem o primeiro.
Dão mais valor à substância do que à forma.
Não se contentam com a vista de um acontecimento, mas querem saber a sua causa.
A nodosidade das falanges inferiores dá-lhes a capacidade de refletir e comparar.
A redondez das falanges superiores dá-lhes a capacidade da intuição e o talento poético.
Os possuidores de uma mão filosófica não são nem céticos nem crédulos. 
Procuram descobrir a verdade e quando as suas pesquisas os convencem, são crentes sinceros e não crentes beatos nem supersticiosos.
Gostam de recolhimento. As vezes parecem ser frios de temperamento e sabem dominar as paixões.
A mão filosófica encontra-se em todas as épocas e nações.
Quando existe em grande número, é sinal de progresso. Onde é escassa, sinal de decadência.

3- A linha do coração












As linhas do coração de ambas as mãos apresentam marcas próximas ao dedo médio, indicando um trauma afetivo forte na infância.
Ambas as linhas do coração são bastante longas indicando fortes afeições.
A linha do coração, cordial ou Jupiteriana, é a linha das afeições, do amor, da generosidade.
Com em ambas as mãos a linha do coração é bastante longa temos indicação de afeições exageradas e ciúme.
Sendo a linha do coração muito vermelha na parte superior, denota inveja e malícia. Muito vermelha na extremidade: ambição e turbulência.

4- A linha mental ou linha da cabeça
A linha da cabeça, também denominada mental, cerebral, marcial ou linha do espírito, refere-se, sobretudo, à mentalidade e ação.
A linha sendo curta indica timidez, teimosia, avareza e impulsividade.

5- Linha da vida
A linha da vida na cor vermelha indica violência e brutalidade. Cheia de marcas, indica dificuldades e sofrimentos.
Como a linha da vida se alarga contra o pulso há indícios de processos e inimizades.
Haverá mudança na existência na maturidade, podendo haver mudança de endereço ou viagem distante.
Riscos transversais indicam propensões a sofrer acidentes.
Muitas decisões importantes serão tomadas ao longo da vida.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

O que e mentira

O que é mentira?

Mentira
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Mentira

Mentira é o nome dado as afirmações ou negações falsas ditas por alguém que sabe (ou suspeita) de tal falsidade, e na maioria das vezes espera que seus ouvintes acreditem nos dizeres. 

Dizeres falsos quando não se sabe de tal falsidade e/ou se acredita que sejam verdade, não são considerados mentira, mas sim erros. 

O ato de contar uma mentira é "mentir", e quem mente é considerado um "mentiroso".


Índice
1 Moralidade da mentira
1.1 Etiqueta da mentira
2 Psicologia da mentira
2.1 Sociologia e linguística da mentira
2.2 Mentiras e confiança
2.3 Mentiras durante a infância
3 Detecção de mentiras
4 Referências
5 Ver também
6 Ligações externas

Moralidade da mentira

Mentir é contra os padrões morais de muitas pessoas e é tido como um "pecado" em muitas religiões

As tradições éticas e filósofos estão divididos quanto a se uma mentira é alguma situação permissível – Platão disse sim, enquanto Aristóteles, Santo AgostinhoKant disseram não.

Mentir de uma maneira que piore um conflito em vez de diminuí-lo, ou que se vise tirar proveito deste conflito, é normalmente considerado como algo antiético.

Existem pessoas que afirmam que é com frequência mais fácil fazer as pessoas acreditarem numa Grande Mentira dita muitas vezes, do que numa pequena verdade dita apenas uma vez. Esta frase foi proferida pelo Ministro da Propaganda Alemã Joseph Goebbels no Terceiro Reich.

A mentira torna-se uma sátira com propósitos humorísticos quando deixa explícita pelos excessos na fala e o tom jocoso que de fato é uma mentira. 

Nestes casos é com frequência tratada como não sendo imoral e é bastante praticada por humoristas, comediantes, escritores e poetas.

Etiqueta da mentira


A etiqueta é bastante preocupada com as questões da mentira, atribuição da culpa e hipocrisia – coisas que com frequência são menosprezadas na ética mas de grande utilidade na sociedade:

As razões morais para se tolerar mentiras têm a ver em sua maior parte em evitar conflitos. 

Um código ético irá com frequência especificar quando a verdade é necessária e quando não é. 

Em tribunais, por exemplo, o processo antagônico e padrão de evidência que é aplicado restringe as perguntas de maneira que a necessidade da testemunha mentir é reduzida – de maneira que a verdade quanto a questão em julgamento supostamente será revelada com mais facilidade.

A necessidade de mentir é reconhecida pelo termo "mentira social" onde a mentira é inofensiva, e há circunstâncias onde existe uma expectativa de se ser menos do que totalmente honesto devido a necessidade ou pragmatismo. 

As mentiras podem ser divididas em classes – ofensivas ou mal intencionadas, inofensivas e jocosas, do qual apenas a primeira classe é séria 

(O catolicismo classifica a primeira como pecado mortal mas também condena as outras como veniais).

Há alguns tipos de mentiras que são consideradas aceitáveis, desejáveis, ou mesmo obrigatórias, devido a convenção social.

 Tipos de mentiras convencionais incluem:

uso de eufemismos para evitar a menção explícita de algo desagradável;

perguntas insinceras sobre a saúde de uma pessoa pouco conhecida;

afirmação de boa saúde em resposta a uma pergunta insincera (os inquiridores com frequência ficam bastante desconcertados por qualquer outra coisa que não a resposta positiva mais breve possível);

desculpas para evitar ou encerrar um encontro social indesejado;

garantia de que um encontro social é desejado ou foi agradável;

dizer a uma pessoa moribunda o que quer que ela queira ouvir;

supressão de uma quebra de
tabu.

Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.

terça-feira, 9 de julho de 2013

Vagas para senhoras com mais de 40 anos

Vagas para senhoras com mais de 40 anos.

São 200 vagas nas lojas da First Class nos Shoppings para vendedoras.




Segue sugestão de pauta sobre as oportunidades de emprego que a First Class está abrindo, em junho de 2013.

São mais de 200 vagas para vendedores para todas as lojas da rede.
O diferencial nessa contratação é que a empresa dará preferência para candidatos acima de 40 anos.
É que uma pesquisa realizada pelo RH entre os franqueados indicou que os funcionários nessa faixa etária são mais eficientes nesse setor.
Mas vale ressaltar que as oportunidades são para todas idades.

First Class abre vagas para vendedoras acima dos 40 anos
Quem pensa que a idade é um empecilho para ingressar ou retornar ao mercado de trabalho está enganado. 

A First Class, uma das maiores redes de franquia de venda de artigos de cama, mesa e banho do Brasil, acaba de iniciar um processo seletivo para vendedores e dará preferência para candidatos acima dos 40 anos, de ambos os sexos. 

A empresa contrata pessoas de todas as idades. 

Mas, pesquisas realizadas pelo RH entre os franqueados indicam que os funcionários nessa faixa etária são mais eficientes nesse setor.

“Se o candidato tiver experiência em vendas é melhor, mas se não tiver, vamos analisar as funções anteriores e o dinamismo, desenvoltura, garra e os sonhos futuros. 

Em alguns casos, contratamos pessoas que nunca trabalharam, mas cuidaram da casa por uma vida inteira e agora decidem entrar no mercado de trabalho, e por isso se saem muito bem”, explica Christine Ferreira, responsável pelo treinamento de equipes.

Até o final do ano, serão geradas mais de 200 oportunidades distribuídas pelas 120 lojas da First Class já existentes no país, e em novas unidades a serem inauguradas. 

Para concorrer às vagas, os candidatos devem ter responsabilidade, muita garra, determinação, vontade de aprender e de vencer. 

A escolaridade mínima é do ensino médio completo.

 “Aqui não será apenas um local para socialização e para fazer novas amizades, estamos abrindo vagas para quem quer efetivamente um trabalho e a alegria das conquistas que serão alcançadas”, completa André Pivetti, sócio fundador da empresa.
O processo seletivo terá etapas de avaliação de currículo e entrevistas. 
Todos os selecionados passarão por um treinamento teórico e prático. 
A First Class oferece salário compatível com a função, vale-transporte e treinamento, além de um excelente ambiente de trabalho. 
Quem se destaca, tem chances de crescimento na empresa.
Os interessados devem enviar o currículo para o Departamento de RH no endereço: Av. das Américas, número 500 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ - CEP:22640100, informando o cargo (Vendedor) em destaque no envelope. 

Quem quiser, pode enviar currículo pelo e-mail – curriculo@firstclass.com.br , mencionando o cargo no campo “assunto”.

Fonte: www.dablio3.com
W3 . FAZENDO COMUNICAÇÃO DE QUALIDADE

domingo, 7 de julho de 2013

Ler a mao de Barbara em 22 figuras

Ler a mão de Barbara em 22 figuras
"Boa noite!

Estava lendo teu blog e achei muito interessante! Se puderes ler as linhas das minhas mãos, as fotos estão anexas. Autorizo a publicação das fotos."

O que mais chama a atenção em cada figura?



Figura 1
Figura 1 - Mão direita, a mão do planejamento. Pode-se notar a linha da vida bem fraca nesta figura.
Uma linha da vida fraca pode significar saúde frágil, mudanças de planos e uma maior dependência das outras pessoas.
Chama a atenção a linha da prosperidade começando próximo a junção do dedo indicador e do médio e se alongando até o pulso. É uma linha contínua, reta, indicando uma determinação em atingir um objetivo e sucesso em empreendimentos.


Figura 2
Figura 2 - Nesta figura o que chama a atenção é a linha do coração, que cruza a mão um pouco abaixo dos dedos, e também a linha mental um pouco abaixo partindo da direita para a esquerda, da junção do indicador e o polegar e sendo cortada pela linha da fortuna.
A linha do coração, cordial ou Jupiteriana, é a linha das afeições, do amor e da generosidade.
Esta linha revela bom coração, espírito generoso e constância.
A linha mental, da cabeça, cerebral, marcial ou linha do espírito, refere-se sobretudo à mentalidade e à ação. A linha da figura se apresenta direita, comprida, bem distinta e de cor natural, indicando saúde sólida, espirito claro, juízo rigoroso.
Em suma o planejamento de vida dotou Barbara de um coração, juízo e vontade fortes e feliz memória.



Figura 3

Figura 3- Nesta figura o que chama a atenção é a base do dedo polegar, chamado de Monte de Vênus. Este, sendo liso, quase sem linhas, indica castidade, frieza e calma no amor.
Os demais montes também se fazem presentes: O monte de Júpiter na base do indicador indica que Barbara gosta de mandar e aspira a posição.
O monte de Saturno, na base do dedo médio, apresenta dúvidas sobre o pensamento filosófico de Barbara. Se por um lado ela busca mais informações, por outro apresenta uma descrença e quer saber a confirmação e o por que de tudo.
Já o monte de Apolo de Barbara, na base do dedo anular, indica aversão à intuição. Barbara tem pouca afinidade com as artes, com a poesia e com a melodia, se deixando levar mais pelo racionalismo, porem acreditando na fatalidade.
O monte de mercúrio se encontra na base do dedo mínimo e se apresenta bastante desenvolvido, levando a crer que Barbara disputa ombro a ombro o mercado de trabalho com homens, busca a ciência prática do mundo, seja na indústria no comércio ou nos serviços.

Figura 4
Figura 4- Embora desfocada, esta figura mostra do dedo polegar voltado para fora. Isto indica dificuldade em conter o dinheiro e um prazer excessivo em ir às compras.
O polegar se apresenta contudo, indicando que Barbara apresenta um comportamento, temperamental, instintivo, nervoso, irritável e muitas vezes com hesitação. A segunda falange do polegar é muito mais comprida do que a primeira, o que indica a aversão de Barbara por musica clássica ou livros.


Figura 5
Figura 5: É uma boa imagem. Nela, chama a atenção a terceira falange dos dedos.
Indo da esquerda para a direita, temos, sempre falando da terceira falange, dedo minimo - Barbara é capaz de mentir para atingir o que quer. Anular - Barbara tem necessidade de se sentir importante e sente vontade de brilhar. Detesta ficar em segundo plano. Barbara é Aquariana e isto reduz um pouco a evidência direta mas faz com que ela sinta necessidade de ser reconhecida. Médio- Também como uma característica aquariana, Barbara gosta de se isolar as vezes e se incomoda com pessoas "grudentas". Indicador - A terceira falange do dedo indicador revela a sensualidade. Nesta figura esta informação esta cortada na foto.


Figura 6


Figura 6- A figura 6 revela a mão esquerda de Barbara, a mão da execução. Nesta mão Barbara vai escrevendo a sua história de vida que pode ou não se confirmar com a mão do planejamento, ou mão direita.
Quanto mais parecidas forem as mãos direita e esquerda mais a execução se aproxima do planejamento cumprindo o seu programa de vida.



Figura 7










Figura 7 - Nesta figura podemos ver o pulso esquerdo de Barbara. 
A Linha do Pulso ou Bracelete é a linha que separa amão do braço e que pode ser simples, dupla ou tripla.
A opinião geral é que cada uma das linhas do bracelete indica 30 anos de existência.
Se a linha do pulso é nítida e de boa cor, como é o caso, denota feliz constituição, saúde e inteligência.
Barbara luta muito para vencer adversidades, já que a linha é tortuosa e desigual.

Figura 8
Figura 8 - Nervo do pulso. Pela observação nota-se que Barbara é rancorosa, guarda mágoa por bastante tempo e dificuldade para perdoar e esquecer.

Figura 9
Figura 9- Tipo de mão - A imagem mostra uma mão filosófica. A mão filosófica tem a palma grande, elástica, e macia; os seus dedos, mais ou menos nodosos, tem as falanges meio redondas e meio ponteagudas, de maneira que formam uma espátula ovoide.
É a mão dos que amam sobretudo a verdade, a liberdade, a razão e a justiça, vivendo, ao mesmo tempo, no mundo da realidade e no mundo da imaginação.

Figura 10


Figura 10 - Se deve escolher entre o verdadeiro e o belo, Barbara prefere o verdadeiro. 
Barbara dá mais valor à substância do que à forma. Ela não se contenta com a vista de um acontecimento, ela quer saber a causa.


Figura 11 
Figura 11 - O quadrângulo. Com o nome de quadrângulo designa-se, em quiromancia, o espaço da palma incluído entre a linha da cabeça e a linha do coração.
Na figura, a linha do coração, é a primeira que vai da esquerda para a direita. Suas muitas cadeias, indicam muitos amores.  Logo abaixo situa-se a linha do coração.
O quadrângulo se apresenta estreito no meio, se abrindo para a direita. Isto é um indicador de que a vida de Barbara será desenvolvida longe do seu local de nascimento.
Barbara apresenta um triângulo de ponta cabeça dentro do quadrângulo. O que é muito raro. Trata-se de um aviso de que seus sentimentos podem ser abusados. Cuidado com estranhos!  




Figura 12
Figura 12- Esta figura embora um pouco escura e desfocada mostra claramente a linha do coração cortando a palma da mão abaixo dos dedos. Acima da linha do coração e abaixo do dedo mínimo, existe um espaço na palma da mão onde em geral se revela a linha do casamento.
Uma linha ali, significa um casamento. Duas linhas, dois casamentos. Entretanto em muitas mãos, assim como nesta, esta linha falta e pouco se pode dizer sobre isso. 

Figura 13


Figura 13- O Anel de Vênus. Onde começam os montes de Júpiter e de Saturno, isto é, abaixo dos dedos médio e anular, encontram-se as duas extremidades de uma linha semi-circular, chamada de "O Anel de Vênus", que indica paixões fortes e irritações nervosas. Esta linhas se apresentam muito fracas o que indica que estas paixões estão sobre controle.

Figura 14
Figura 14- Pela conformação da mão, nesta figura, o Anel de Vênus indica ternura, amor, bondade e caridade.

Figura 15
Figura 15- O Polegar. O Polegar representa em miniatura, a personalidade inteira. Quando é largo na primeira falange, como é o caso, indica um espírito de oposição e resistência.


Figura 16
Figura 16 - Dedos e a primeira falange.
O Polegar é dominado por Vênus (fora da figura)
O Indicador é dominado por Júpiter.
O Médio é dominado por Saturno
O Anular é dominado por Apolo
O Mínimo é dominado por Mercúrio
A primeira falange do indicador simboliza a religiosidade, o misticismo, a contemplação, o amor a natureza e a diplomacia.
A primeira falange do dedo médio, como Saturno, revela a fatalidade que pesa sobre o indivíduo. Concretiza o critério, exame, reflexão, filosofia, prudência, dúvida e ceticismo.
A primeira falange do dedo médio simboliza o gosto do belo, o idealismo, a arte. 
A primeira falange quando é longa, fortalece estas qualidades. Quando é curta, as diminui.
A primeira falange do dedo mínimo denota o talento, a inspiração, a sugestão, a exterioridade e a eloquencia.



Figura 17
Figura 17 - A Planície de Marte
O meio da palma da mão é chamado de A Planície de Marte.
Em geral, é formada pela reunião da linha da vida, com a linha do cérebro e a linha da intuição. Raramente ela se forma em triangulo, principalmente, porque como neste caso, existe a falta da linha da intuição, que o que é muito comum.



Figura 18
Figura 18 - Indícios da duração da vida.
Os indícios que servem para conhecermos aproximadamente a duração da vida de uma pessoa, pelo método quiromântico, são encontrados:
1- No número das linhas do bracelete, das quais cada uma indica 30 anos de existência.
2- Na medição da linha da vida
3- Na medição da linha do destino
4- Na medição da linha da cabeça
5- Na medição da linha do coração.
Deve-se dividir a linha da vida em 10 partes iguais, que representam cada uma, 10 anos de vida.
Começa-se na parte entre o polegar e o indicador e termina-se no pulso, ainda que a linha não tenha na realidade esta extensão.


Figura 19
Figura 19 - O Polegar não tem uma terceira falange, como os demais dedos, mas em compensação, o mundo material é nele representado pelo Monte de Vênus, isto é a elevação sobre a sua raiz, destacado nesta figura.
Quando o Monte de Vênus é forte, cheio e acentuado, nos dá testemunho da potência de geração e fecundidade.



Figura 20
Figura 20 - Unhas - As unhas curtas e pequenas indicam um temperamento frio.
Nó de Ordem Material - O nó de ordem material que separa a segunda falange da terceira, é muito comum nas mãos de negociantes, comerciantes, especuladores. Indica ordem, economia e o costume de classificar e arranjar tudo.


Figura 21

Figura 21- Os possuidores de uma mão filosófica não são nem céticos e nem crédulos. Procuram descobrir a verdade, e quando as suas pesquisas os convencem, são crentes sinceros e não crentes beatos ou supersticiosos.

Figura 22








Figura 22 - A mão filosófica encontra-se em todas as épocas e nações. Quando existe em grande quantidade é sinal de progresso. Onde é escassa é sinal de decadência.


Para ver o  Mapa Astral de Barbara para comparação, clique em Mais informações, abaixo.


sexta-feira, 5 de julho de 2013

Como saber a saude pelo aspecto da lingua

Como saber a saúde pelo aspecto da língua na boca


Língua
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
https://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%ADngua
Língua


Uma língua humana


Disposição anatômica da língua
Vascularização artéria lingual, ramo tonsilar da artéria facial, artéria faríngea ascendente
Drenagem venosa veias linguais
Inervação nervo lingual
Precursor arcos faríngeos, tubérculo ímpar
MeSH Tongue


A língua órgão muscular relacionado ao sentido do paladar que fica localizado na parte ventral da boca, da maior parte dos animais vertebrados, e que serve para "processar" os alimentos


Participa na formação dos fonemas da fala e é o único músculo voluntário do corpo humano que não fadiga.


Índice
1 Descrição
2 Músculos extrínsecos da língua
3 Histologia
4 Estruturas
4.1 Papilas fungiformes
4.2 Papilas foliáceas
4.3 Papilas circunvaladas
4.4 Papilas filiformes
4.5 freio lingual
4.6 Glândulas
5 Ver também
6 Referências
7 Link externo

Descrição

A língua é formada essencialmente de músculo esquelético e, nos mamíferos, encontra-se ligada à cartilagem hióide, à mandíbula e aos processos estilóides do osso temporal.

Os músculos com que a língua está ligada ao crânio são denominados músculos extrínsecos, enquanto que os que formam a própria língua são os quatro pares demúsculos intrínsecos responsáveis pelo movimento e alterações da forma da língua durante a mastigação e a deglutição.

A parte dorsal da língua pode ser dividida em duas partes: uma porção oral, que se encontra dentro da cavidade bucal, e uma porção faríngea (terço posterior da língua) fazendo face à parte de trás da orofaringe. As duas partes são separadas por umsulco em forma de V (sulco terminal).

O lado dorsal dos dois-terços anteriores (parte oral) da língua é revestida de papilas gustativas, e a língua tem uma aparência macia e rosada. Há quatro tipos de papilas gustativas: filiformes, fungiformes, valadas e foliadas. Atrás da parte oral da língua há de 3 a 14 papilas arranjadas em formato de V em frente ao sulcus terminalis (sulco terminal).

Não há papilas linguais na parte de baixo da língua. Ela é revestida com uma membrana mucosa macia que aloja, no centro, o frênulo da língua.

A parte mais acima da língua posterior (parte faringeal) não possui papilas gustativas visíveis, mas é áspera devido à presença de folículos linfáticos abaixo. Esses folículos são conhecidos como tonsilas linguais.

Tudo relacionado à língua é geralmente chamado de lingual que vem da palavra latina, ou glossal que vem da palavra grega para língua.


Para saber mais, clique em Mais informações, abaixo.



Músculos extrínsecos da língua

Existem quatro pares de músculos extrínsecos que auxiliam no movimento da língua e que são inseridos em vários ossos da cabeçapescoço.


Genioglosso - origina-se do tubérculo geniano da mandíbula (maxilar inferior), e compreende a maior parte da língua.
Hioglosso - inserido ao osso hióide.
Estiloglosso - proveniente do processo estilóide osso temporal
Palatoglosso - sai do palato mole (processo palatinho da maxila +lamina horizontal do osso palatino


Histologia

A língua tem uma porção dorsal (parte superior) e uma porção ventral (parte inferior). 


A porção ventral da língua não possui papilas linguais

A porção dorsal da língua tem papilas e uma delas é a papila caliciforme ou papila circunvalada, pois elas têm valum do lado delas. 

Ainda na boca (na língua, bochecha) são vistos os botões gustativos, responsáveis pela percepção do sabor.

A porção da língua que tem maior riqueza em conjuntivo na submucosa é a ventral, pois a dorsal está em constante contato com o alimento.
Estruturas
Papilas fungiformes

A papila fungiforme tem um conjuntivo muito rico, mas não tem valum, nem queratina. 


Possuem poucos botões 1 gustativos; possuem formato semelhante à cogumelos, com uma base estreita e uma porção superior mais dilatada e lisa. 

Estas papilas possuem poucos botões gustativos na sua parte superior e estão espalhadas irregularmente entre as papilas filiformes.

Papilas foliáceas

A papila foliácea pode estar na borda lateral humana, mas a quantidade é muito pequena. 

Essa papila é como se fosse a fungiforme com epitélio com projeções grandes. 
Está presente em grande quantidade em coelhos

O epitélio forma projeções, e tem muitas glândulas de won Ebner embaixo.
Papilas circunvaladas

As papilas circunvaladas são papilas gustativas presentes na língua humana e possuem esta nomenclatura devido a sua forma, semelhante a um vale. 


Seus botões gustativos estão localizadas na porção posterior da língua e, com o avanço da idade, podem sofrer atrofia.

Papilas filiformes

As papilas filiformes são ricas em queratina

Quanto mais agressiva for a alimentação, mais a papila terá queratina. 
A papila filiforme além de queratina tem muitas bactérias
Existem muito poucos botões gustativos.

Freio lingual

Estão as papilas caliciformes, atrás vão estar as amídalas linguais e na frente estarão as papilas linguais

O alimento passa pela parte posterior da língua. 
A presença da amídala nessa região é importante. 
O epitélio das amídalas linguais pode estar “sujo” de linfócitos
Elas possuem buracos por onde sai uma secreção. 
Esse tipo de papila é encontrada também em células do cabelo e das pálpebras.

Glândulas


Embaixo das papilas caliciformes existem glândulas que são ricas na produção de uma secreção muito fluida, que cai no valum. 


alimento é dissolvido e, no valum, toca nas papilas e essas glândulas jogam pra fora a sua secreção. 

Se não fosse essa “limpeza”, o alimento encheria o valum e o sabor seria aquele mantido, e o sabor do próximo alimento não seria sentido. 

Essas glândulas são chamadas de won Ebner. Os túbulos dessa glândula desembocam no valum.

A parede da papila tem botões gustativos. 

As glândulas jogam secreção no valum e é o valum que joga o líquido para fora. 
O alimento entra, suja o valum , entra em contato com as papilas, e de novo é jogado para fora.

O botão gustativo tem um poro. 

O alimento entra em contato com microvilos das células especiais do botão gustativo, e esses captam o sabor. 
Essas células têm axônios, são nervosas e terminam em microvilos. Cada botão gustativo está relacionado com um tipo de sabor. Sabores ácidos, doces. 
Os sabores básicos são reunidos e transformados num sabor global.

A porção ventral da língua não tem um conjuntivo tão denso.


Ver também

O Wikcionário possui o verbete língua

O Commons possui uma categoriacom multimídias sobre Língua

O Wikiquote possui citações de ou sobre: Língua
Referências

Histologia Básica Junqueira e Carneiro edição 2008
Link externo

How Stuff Works - Anatomia da língua
veCaracterísticas anatômicas humanas

veAnatomia geral da cabeça e pescoço - cabeça
Categorias
Anatomia animal

Órgãos sensoriais



Abra a boca: o que a língua pode revelar sobre a sua saúde
Fonte: 
http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2012/10/09/abra-a-boca-o-que-a-lingua-pode-revelar-sobre-a-sua-saude.htm
Ana Sachs
Do UOL, em São Paulo09/10/2012-07h00
Pouca gente sabe, mas observar a própria língua pode ser um bom medidor de como anda a saúde. 
Uma língua saudável é rosada, viçosa, brilhante, com bom tônus e saburra (crosta que cobre o fundo da língua) branca, fina e úmida.

 "Em contrapartida, a presença de tremores, inchaço, marcas de dentes ou cor alterada demonstram um aspecto menos saudável", afirma a homeopata Maisa Misiara.

Alterações na cor e no aspecto do órgão indicam, principalmente, deficiências de vitaminas no corpo, segundo Estelita Betti, otorrinolaringologista do Hospital Albert Einstein. 

De acordo com ela, uma língua esbranquiçada pode indicar deficiência de ferro ou biotina (vitamina que desempenha papel na manutenção da pele).

 Já uma língua avermelhada e inchada pode significar falta de vitaminas E, B2 e B3. 
Carência de vitamina B12 e ácido fólico podem gerar uma sensação de ardor. 
Neste último caso, é importante descartar a presença de fungos (candidíase oral), que pode gerar os mesmos sintomas.



Uma língua saudável é rosada, viçosa, brilhante, com bom tônus e saburra branca, fina e úmida

Porém, mais do que uma simples deficiência nutricional, a falta de vitaminas no organismo pode indicar que há algo mais sério acontecendo. "Pessoas com doença crônica que cause má absorção tendem a ter dificuldade em absorver vitaminas lipossolúveis (A, D e K) e vitamina B12. As doenças do fígado prejudicam o armazenamento de vitamina A e B12 e interferem com o metabolismo de proteínas e glicose. E pessoas com doença renal têm deficiência de proteína, ferro e vitamina D", explica.

Revestimento alterado

Além da cor da língua, observar o aspecto e a saburra pode render subsídios para a descoberta de outros males. "Quando existe uma redução do fluxo salivar, aumento da viscosidade da saliva ou da descamação da língua, estes três fatores, isoladamente ou associados, irão aumentar a saburra lingual", explica Betti.

Algumas doenças sistêmicas podem reduzir a parte líquida da saliva, causando um acúmulo anormal de restos sólidos sobre o órgão. "Isso é comum em pacientes diabéticos ou desidratados", fala Betti. Já pessoas que respiram pela boca, como as que têm rinite e sinusite, podem desenvolver uma maior descamação lingual (veja mais exemplos de alterações no quadro ao fim do texto).

Segundo a otorrinolaringologista, doenças do aparelho gastrointestinal não se refletem na língua, ao contrário do que muitos acreditam. "Não está comprovado que doenças do esôfago e ou do estômago causem saburra lingual", afirma.

Antes de qualquer diagnóstico, que pode ser feito por meio da análise visual ou de exames como a sialometria (análise do volume, viscosidade e densidade da saliva), vale avaliar se a pigmentação da saburra é real ou fruto de algum alimento ingerido recentemente.

De acordo com Ana Kolbe, cirurgiã dentista e presidente da Associação Baiana de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca, fatores emocionais também podem afetar a saburra. "Ela imediatamente se altera em consequência de estresse, ansiedade e traumas. O mesmo acontece pelo uso de medicamentos como antidepressivos", avalia.

Em pacientes estressados, explica Betti, o corpo faz aumentar a produção de mucina, responsável pela viscosidade da saliva e pela aderência de micro-organismos sobre o dorso da língua, fazendo aumentar a saburra.

Prática milenar

A observação da língua como subsídio para a descoberta de doenças não é algo novo. A prática é usada há mais de 5.000 anos pela medicina chinesa. Segundo a antiga sabedoria, o órgão conteria prolongamentos dos meridianos do corpo, permitindo que a energia dos órgãos vitais ficasse visível nela. "Ao observamos a língua de alguém, podemos conhecer seu corpo por inteiro, dos órgãos à sua psique. Cada pedacinho nos conta que algo está acontecendo", explica Misiara.

A LÍNGUA TAMBÉM PODE DIZER UM POUCO SOBRE QUEM VOCÊ É, SEGUNDO A MEDICINA AYURVEDA. VEJA MAIS A SEGUIR:
A língua pequena, fina, de aparência um pouco seca, áspera e ativa pode demonstrar uma natureza leve. São pessoas criativas, alegres, mas, por outro lado, agitadas, medrosas e ansiosas
A língua larga em sua base e afilada na ponta pode demonstrar uma natureza emocional clara. São pessoas objetivas, práticas, perfeccionistas, com senso de justiça, mas, por outro lado, indignadas, irritáveis e coléricas
A língua de formato redonda, grossa, lisa e úmida pode demonstrar uma natureza emocional suave. São pessoas amorosas, que gostam do contato, da vida, mas, por outro lado, podem se apresentar apegados, melancólicos, com propensão a mágoas e ressentimentos
Fonte: Maisa Misiara, Homeopata

Como a planta dos pés e os olhos, seria uma espécie de "mapa" do corpo humano: a ponta representa a cabeça e o coração; a base, os órgãos pélvicos; o centro, o baço e o estômago; e as laterais, o fígado e os pulmões.

Alterações indicariam desequilíbrios de yin e yang no corpo. "Se está mais para vermelha significa uma predominância de yang. Quando está pálida significa uma predominância de yin. Se a saburra está espessa e pegajosa, significa que os líquidos orgânicos estão mais espessos, uma alteração chamada de fleuma. Se há marcas de dentes significa que há uma deficiência na energia vital", lista o clínico geral Alex Botsaris, especialista em medicina chinesa.

Também para a medicina oriental a língua pode ser afetada por questões emocionais. De acordo com Botsaris, a alteração surge quando algum problema se aprofunda. "Isso significa que precisa ser intensa e persistir por muito tempo para afetar a língua", diz ele.

Segundo Misiara, uma rachadura no meio da língua ou o órgão com aspecto inchado e com marcas de dentes podem indicar que a pessoa anda estressada. "Quando profundo, o sulco significa que a pessoa guarda muitas emoções", relata.

Como não há comprovação científica, ainda há muito ceticismo sobre essas teorias. Alguns profissionais, no entanto, acreditam que a observação da língua pode complementar o diagnóstico da medicina tradicional. "Na minha prática, a medicina chinesa incorpora conceitos que melhoram a avaliação e o resultado dos tratamentos, incluindo o exame da língua", conta Botsaris.

Em qualquer um dos casos citados, é indispensável procurar um médico especialista e não tratar qualquer tipo de doença apenas com base na avaliação da língua. Este tipo de exame é apenas auxiliar e também não deve ser feito em casa, sem orientação.

"O diagnóstico pela língua é complementar e não dispensa uma avaliação geral do paciente", frisa Kolbe. "Devemos somá-lo ao exame geral e buscar outros recursos diagnósticos que confirmem nossa hipótese", pontua Misiara.

VEJA ALGUMAS ALTERAÇÕES NA LÍNGUA E SUAS POSSÍVEIS CAUSAS
Língua vermelho-clara com revestimento branco-amarelado na metade direita
Diagnóstico: deficiência na vesícula biliar, deficiência circulatória, anemia
Língua vermelho-clara com algumas ondulações nas bordas e revestimento fino, branco, pegajoso e escorregadio
Diagnóstico: doenças alérgicas, deficiência respiratória, paciente que respira pela boca
Língua vermelha e fissurada com pouco revestimento
Diagnóstico: insuficiência renal, nefrite, bronquite, problemas digestivos, desnutrição
Língua roxo-escura com revestimento amarelo, branco, pegajoso e deteriorado (putrefeito)
Diagnóstico: insuficiência cardíaca e infecção pulmonar
Língua roxo-clara com revestimento branco e pegajoso
Diagnóstico: doenças endócrinas e síndrome de Cushing
Língua vermelho-clara com manchas hemorrágicas e pontos negros, revestimento branco e ligeiramente úmido e espesso
Diagnóstico: síndrome depressiva, deficiência de baço
Fonte: Ana Kolbe, cirurgiã dentista e presidente da Associação Baiana de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca



O que e hipomania

O que é hipomania?

Hipomania
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hipomania


Hipomania

Hipomania é caracterizada por um bom humor persistentemente e ininterruptamente mais elevado que o usual por pelo menos 4 dias e pode durar meses.1
Classificação e recursos externos
CID-10 Episódio hipomaníaco F30.0
Aviso médico


Hipomania é uma alteração de humor semelhante à mania, porém com menor intensidade. 

A pessoa se sente muito bem, com bastante energia. 

Normalmente a necessidade de sono diminui e a libido aumenta.

Ocorre no Distúrbio Bipolar, na Ciclotimia ou como episódio isolado. 

Pode ser desencadeado por medicamentos como antidepressivos e tambem comumente por esteroides anabolizantes (como Trembolona Acetato, comprovadamente relacionada a eventos de agressividade chamados "roid rage") e terapias semelhantes.

Índice
1 Caraterísticas
2 Sintomas
3 Diagnóstico diferencial
4 Ver também
5 Referências

Caraterísticas

Dificilmente uma pessoa em hipomania irá procurar um médico, já que se sente tão bem.2

Os sintomas são os mesmos da mania, porém em intensidade reduzida e causando menos prejuízos. 
Há ausência de sintomas psicóticos e normalmente não é necessário tratamento ou medicação.

Os episódios podem ser classificados como mais expansivos (sociabilidade aumentada, teatralidade, maior produtividade...) ou
 mais irritáveis (impaciência, inquietude, agitação, agressividade...).

Sintomas

Segundo o DSM.IV, para caraterizar um episódio de Hipomania deverão ser encontrados ao menos três sintomas dos descritos abaixo no comportamento do indivíduo:1

Auto-estima em alta ou grandiosidade (sem delírios);
Pouca necessidade de sono;
Compulsão para falar demais;
Fuga de ideias e pouca concentração;
Prática de mais atividades dirigidas a objetivos;
Agitação psicomotora;
Envolvimento excessivo em atividades prazerosas com alto potencial para consequências dolorosas (como fazer compras até se endividar, fazer sexo com muitas pessoas ou praticar esportes radicais sem o equipamento adequado por exemplo);

Para caraterizar o episódio hipomaníaco estes comportamentos não podem ter sido causados pelo uso de drogas, de medicamentos como antidepressivos, ser sintoma de uma doença (hipotiroidismo por exemplo) ou de terapias com efeitos similares.

 Além disso, deve ser significativamente diferente do humor usual e caso esteja intercalado com fases depressivos passa a ser considerado como ciclotimia ou transtorno bipolar.1

Diagnóstico diferencial

Caso o humor seja constantemente elevado e expansivo, por muitos anos sem episódios depressivos, pode se tratar de transtorno de personalidade histriônica, eutimia ou de transtorno do déficit de atenção com hiperatividade dependendo dos outros sintomas.1

Referências
a b c d PsiqWeb - Portal de Psiquiatria - Hipomania. Página visitada em 04/02/2009.
Psicosite - Ciclotimia - Hipomania. Página visitada em 04/02/2009.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda