Google Tag Manager

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Linhas de extraterrestres nas palmas das maos Parte 2

Linhas de extraterrestres nas palmas das mãos Parte 2




Confira a parte 1 deste post em

http://biometrio.blogspot.com.br/2014/11/linhas-de-extraterrestres-nas-palmas.html

Segundo pesquisa que fiz em 04/11/2014 praticamente inexiste assunto na internet que cubra este tema. Peço, por favor, quem tiver conhecimento do assunto que deixe o seu comentário.

Embora a identificação da origem extraterrestre na palma da mão seja um trabalho pioneiro, fui buscar na Antiga Tradição os elementos para a formação epistemológica e nas imagens das mãos atuais os elementos de formação prática do assunto.

Busquei usar a técnica comparativa, pois a analogia sempre traz bons resultados.

Os mudras são conhecidos desde a antiguidade como posições das mãos para canalizar energias.


Se pronuncia Mudrá
A posição mais tradicional é a união dos dedos indicador e polegar em ambas as mãos.

Sabemos que houveram muitas vindas de extraterrestres em visita ao nosso Planeta Terra, como amplamente discutido pelo pesquisador e escritor Eric von Daniken, em seu livro Eram os Deuses Astronautas

Segundo canalizações mais recentes, mais de 40 orbes enviaram humanos ou humanoides para reencanar na Terra desde os tempos imemoriais. Alguns retornaram ao seu planeta de origem. Outros recalcitrantes no mal, aqui ficaram e foram cobertos pelo Véu de Ísis e pelo Manto do Esquecimento Bendito, aliviando os seus carmas e promovendo nova oportunidade de evolução aqui.

O conhecimento de que temos uma origem extraterrestre, ao invés de nos encher de orgulho e vaidade, deve ao contrário nos encher de humildade e simplicidade visto que muito vivemos e pouco progredimos e ainda estamos aqui nesta Terra, planeta de provas e expiações em vista de se tornar um Planeta de Regeneração.

Entretanto, embora nós tenhamos esquecido para o nosso bem,  a nossa própria origem, nossos irmãos de outros orbes frequentemente vem nos visitar e acompanhar o nosso processo de evolução.

Esta pesquisa, única no gênero até o momento, segundo nos consta, visa identificar nas mãos as linhas extraterrestres e dar início a um processo de identificação destas linhas com o objetivo do consulente compreender melhor o seu papel nesta atual encarnação neste momento de transição planetária.

Mudrá significa selo em sânscrito. Mas selo colocado por quem?
Ouso afirmar que o selo foi colocado pelos extraterrestres para identificação futura expressa nas palmas das mãos no espaço físico localizado entre o dedo polegar e indicador através de pequenas linhas da mão. Estas linhas formam pequenas cruzes, jogos da velha e braceletes, formando as vezes letras e figuras geométricas também.

Existem outros tipos de identificação por símbolos que podem ser impressos no corpo astral do espírito em transição planetária em sua testa ou palma da mão. Segundo relatos mediúnicos segue o símbolo impresso naqueles que irão reencarnar em outros orbes não mais reencarnando no Planeta Terra.

Segundo os espíritas, são os que estão sendo encaminhados para o Planeta Chupão, por exemplo.


Para podermos entender a origem e o significado destes símbolos expressos como selos ou Mudrás, na mão, entre o dedo polegar e indicador, será necessário desenvolver um processo novo de análise comparativa, tentativa e erro e busca contínua de informações já que se trata de um trabalho pioneiro mas que segundo a Espiritualidade Maior em breve será algo bastante comum entre nós e mais pessoas também serão informadas desta possibilidade. 

Vejamos alguns exemplos:




Nesta mudra, isto é, nesta posição de mão, como se estivesse segurando um copo invisível e olhando de cima, vemos duas linhas paralelas.

Isso pode significar ligação com Sírius e com Orion.
Se fossem braceletes poderia significar ligação com Capella e com as Plêiades.

Vejamos outro exemplo:














Nesta mão nota-se linhas paralelas mas em sentido transversal, próprias de ligação Capelina ou de Alcione.
Ao perguntar para esta amiga se ela já teve contato com extraterrestres recebi a seguinte resposta:

"Jorge eu desde criança tenho mediunidade desenvolvida, tenho contato visual com espíritos esclarecidos e/ou nem tão esclarecidos, os ouço e consigo me comunicar, também tenho a percepção de presença de alguma entidade mesmo sem vê-la e sinto os valores morais que a mesma possui, hoje em dia consigo captar a intenção que a entidade possui com relação ao ambiente e/ou pessoa(s) e também consigo me conectar bioenergeticamente com encarnados para sentir o que estão sentindo em determinados momentos, como por exemplo em algumas de nossas trocas de e-mails eu sei exatamente o momento em que você está entrando em contato com a minha mensagem e automaticamente capto o seu sentimento com relação ao que eu escrevi e à minha pessoa. 


Capto nível moral ao tocar as pessoas. 
Tenho facilidade também para me comunicar por pensamento, muitas vezes não preciso falar com a boca para que algumas pessoas me ouçam (mas nunca aconteceu de elas perceberem que eu não falei com a boca rs) e também para captar idéias que estão acontecendo no exato momento ou em momento muito próximo de passado ou futuro ao momento em que estou pensando ou vivendo uma situação, vou tentar explicar melhor essa parte >

> Não sei se vou conseguir explicar muito bem, pois não a entendo totalmente de forma teórica, mas o que eu consigo lhe explicar sobre essa parte é que de alguma forma quando entro em contato com alguma situação de minha vida na prática ou mesmo em pensamento de alguma forma automática que pelo menos por enquanto não tenho controle entro em contato com informações que não são minhas, mas são relacionadas ao assunto sem relação e nem referência de espaço e tempo. 

Acredito na Teoria das Supercordas e com base nisso na Quântica;acredito que eu entro em contato com situações que não necessariamente tenho contato físico para percebê-las e recebê-las, então com certa frequência tenho acesso à situações de passado e futuro com relação à pessoas ou qualquer coisa que eu me concentre e entre em contato de forma profunda. 

Também quando durmo, entendo os "sonhos" de duas formas. 

Uma primeira como sendo psicológicos, acredito que é o meu corpo em nível profundo entrando em contato com situações muito particulares minhas e me mostrando como que, no âmago do meu ser, eu gostaria de resolver, viver, fazer acontecer, etc. 

A outra forma que entendo outro tipo de "sonhos" na verdade não são sonhos, são viagens astrais que faço de forma inconsciente, porém com consciência. 

Vou explicar melhor, não tenho o controle(pelo menos por enquanto rs) de ir onde gostaria e não tenho o controle no momento da saída, não tenho a consciência nesse momento, mas tenho a consciência já no local para onde fui. 

Essas viagens astrais são iniciadas a partir da maneira, forma, grau, etc energético em que me deitei para dormir e algumas vezes não permaneço nesse planeta, indo assim à outros Mundos e Dimensões e lidando com criaturas não humanas. 

Já trabalhei com Apometria por alguns anos e acredito que me ajudou muito à compreender melhor o que acontece comigo e a saber lidar com todas essas situações citadas que fazem parte do meu dia a dia. 

Acredito sim em vida em outras dimensões e em outros planetas. Considero o ser humano aprendiz e o planeta Terra em patamar de inferioridade moral, devido à energia do todo. 

Não tenho traumas com seres de outros planetas, mas confesso que devido à não compreensão de algumas situações desse tipo, na infância e adolescência sofri muito com tudo isso, pois não tive a sorte de ter na família uma pessoa que tivesse o interesse em me orientar. 

Meu pai tem bastante conhecimento desse tipo de assunto, ele gosta muito disso tudo, mas sabe pouco do que se passa comigo, a mãe dele (minha avó já falecida) também tinha uma grande mediunidade desenvolvida e meu filho de 8 anos tem bastante interesse por esse tipo de assunto, mediunidade desenvolvida também e quando mais pequenino já me contou sobre reencarnação passada e também já me transmitiu mensagens de guia espiritual."

Isto é incrível, você não acha, estimado leitor?
Então, linhas paralelas transversas na mudrá representam capacidade de projeção e mediunidade transcomunicativa extraterrestre, seja em sonho ou seja em estado alterado de consciência.



E agora um terceiro exemplo:
Veja, estimado leitor, que nas figuras acima inexistem quaisquer linhas, salvo as pregas de pele, entre o dedo polegar e o indicador, denotando zero conexão com extraterrestres. Ou seja, esta mão não tem nenhum selo de identificação.

Veja o comentário recebido.
"Nossa, a primeira coisa: fiquei assustada com o que vc me disse! Tenho ligações com extraterrestres?!!!!! mas sera que depois dessa data vc vai poder fazer essa analise, porque agora vc me deixou bem curiosa! Vou visitar seu site sim, pode deixar e te falo sobre o teste!!! Nossa fiquei bastante preocupada agora…um abraço e obrigada!


Você sabe o que são mudras?

Veja o que diz a Wikipedia sobre o assunto:
Mudra

Para saber mais, clique sobre Mais informações, abaixo.





Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Mudra

Mudrā (Sânscrito, मुद्रा, literalmente "selo"; 印相 inzō em Japonês) é um termo que tem diversas conotações de acordo com o seu uso, significando gesto no Yôga, budismo e na dança indiana, um dos cinco ingredientes do ritual "panca-tattva" ou o brinco usado pela ordem kanphata.

Os mudrás como gestos a cada dia são mais numerosos e se incorporando ao folclore e ao inconsciente coletivo de diversas civilizações.

Finalmente os mudrás são também usados em algumas artes marciais.

Índice
1 Yoga
2 Budismo
3 Dança Indiana
4 Hinduísmo
5 Mudras comuns
6 Ligações externas


Yoga
Os Mudrás são um gestos simbólicos feito com as mãos, significando, literalmente, gesto, selo, senha ou chave. 


Provém da raiz mud, alegrar-se, gostar. 

Deve ser pronunciado sempre com o “a” tônico, e é palavra do gênero masculino (O Mudrá). 

Eles são usados no Yôga (um dos seis pontos de vista do hinduísmo) para penetrar em determinados setores do inconsciente coletivo, conectando o praticante às origens de sua linhagem de Yôga. 

Em alguns livros, aparece traduzido como símbolo, mas tal tradução não é correta, uma vez que símbolo, em sânscrito, corresponde à palavra Yantra.

Budismo

O Mudra no budismo está sempre relacionado a um Mantra e um Mandala. Juntos eles formam os três segredos do universo, pensamento, verbo e ação (jap. Sanmitsu).


Dança Indiana


Bharathanatyam

O mudra também é usado nas antigas formas de danças clássicas como o Bharatanatyam e o Kuchipudi, originario do Natya Shastra escrito pelo sábio Bharata a cerca de 4.000 a.C. Onde a sequência de gestos é usada simbolicamente para contar uma história.

Quando usados em dança indiana, os Mudras frequentemente são chamados de Hastas, sânscrito para "mãos".


Hinduísmo

As pinturas e esculturas ao personificar uma divindade no Hinduísmo são complementadas sempre com asanas e mudras. Sendo os mudras um componente essencial de caracterização da divindade e o que ela representa.

Mudras comuns

Abhaya (sem temor) mudrā, um gesto que significa dissipo o medo.
Jñana mudra: mãos sobre os joelhos, pontas do indicador e do polegar unidas, os outros dedos alongados. Usada no Yôga, ao praticar pranayama. é um gesto utilizado para manter o prána circulando no corpo, evitando que ele se dissipe completamente.

Prônam mudra

Kali mudra

Ligações externas

O Commons possui imagens e outras mídias sobre Mudra
Os mudrás do Yôga, com suas execuções (em vídeo)


veGestos
Gestos amistosos Beijo aéreo · OK · Beijo na bochecha · Saudação DAP · Choque de cotovelo · Beijo de esquimó · Choque de punho · Tirar o chapéu · High five · Hongi · Sinal ILY ·Namastê · Abraço de encurralar · Mão chifrada · Hang loose · Sinal do polegar · Wai
Gestos formais Namastê · Adab · Reverência · Cortesia · Genuflexão · Beijo na mão · Aperto de mão · Kowtow
Saudações Saudação de Bellamy · Saudação nazista · Punho erguido · Saudação romana · Saudação de escoteiro · Saudação de três dedos · Saudação de dois dedos ·Saudação vulcana · Saudação zogista · Aceno
Gestos celebratórios Aplauso · Choque de punho · High five · Aperto de mão da vitória
Contagem por dedo Gestos chineses para os números · Chisanbop · Contagem binária por dedo
Gestos obscenos Dar uma banana · Figa · Dedo · Dedo médio · Bundalelê · Moutza · Gesto L · Masturbador
Insultos Akanbe · Gesto L · Converse com a mão
Movimentos de cabeça Aceno com a cabeça · Meneio de cabeça · Bamboleio de cabeça
Outros gestos Entre aspas · Saudação alérgica · Anasyma · Dedos cruzados · Palma no rosto · Arma com os dedos · Sinal de gangue · Atrito de dedo · Mãos de Jazz · Kuji-in ·Sinal de Laban · Mudra · Pollice verso · Cara de pidão · Gesto de indiferença · Sinal da cruz · Varadamudra · Sinal de V
Relacionados Lista de gestos · Gestos articulatórios · Comunicação manual · Língua de sinais

Categorias:
Práticas vajrayanas
Conceitos filosóficos hindus
Meditação
Ioga
Artes marciais do Japão
Arte budista
Palavras ou frases em sânscrito
Gestos

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda