Google Tag Manager

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Gelo no deserto como era feito pelos persas

YAKHCHAL, O EDIFÍCIO COM O QUAL OS PERSAS CRIAVAM GELO NO MEIO DO DESERTO

colaboração da Mirtzi*

persas-gelo-no-deserto-1
Desde os tempos antigos, cada povo teve o objetivo de encontrar o sistema ideal para armazenar sua comida e se certificar que os próprios alimentos mantenham seu sabor e seus próprios componentes ao máximo. Mais de 2400 anos atrás, os persas estavam planejando uma técnica eficaz para ter sucesso em tais esforços. Um sistema deste tipo nunca poderia funcionar sem o uso de estruturas eficazes como Yakhchal.
Yakhchal era um edifício chave para a refrigeração e armazenagem de alimentos, muito antes da chegada dasgeladeiras e de qualquer tipo de aparelhos doméstico atualmente disponível nos vários supermercados e shopping center. Com esta técnica, o clima quente dos vastos desertos do Irã não era mais um obstáculo permanente à possibilidade de manter a comida fresca. Se você pensar que este edifício era totalmente operacional no quarto século a.C., ou seja, muitos séculos atrás, é tudo realmente surpreendente e quase inacreditável. Mas como funcionava o Yakhchal? Em primeiro lugar, era uma estrutura em forma de cone, mas com a aparência típica de uma cúpula rudimentar. Seu significado é de fosso de gelo e isso já deixa adivinhar a sua verdadeira utilidade, muito maior de qualquer outra estrutura.
persas-gelo-no-deserto-2
O edifício funcionava por meio da evaporação da água, graças à qual é possível gerar todo o gelo possível com a ajuda de uma sequência de torres eólicas. Como hoje, também naqueles tempos o gelo era fundamental para aumentar a duração de qualquer alimento e de transportar grandes quantidades de água mais facilmente. Na prática, esta cúpula poderia permitir o armazenamento de cada tipo d comida, sendo também capaz de conter em si o alimento assim como faz uma geladeira hoje em dia.
Para saber mais, clique sobre as palavras Mais informações, em letras pequenas abaixo.


Mas como o Yakhchal conseguia ser tão eficaz? Tudo isto era possível com a ajuda de um material especial muito semelhante ao cimento, conhecido pelo nome de Sarooj. Era feito de argila, areia, cal, cinzas e materiais bem bizarros como pelos de carneiro e até mesmo uma pitada de clara de ovo. Todos estes ingredientes que tinham pouco a ver um com o outro foram misturados com o máximo cuidado para dar vida à paredes capazes de resistir a qualquer agente atmosférico e de manter uma baixa temperatura.
persas-gelo-no-deserto-3
A parte inferior tinha uma espessura de cerca de 2 metros e era marcada com uma série de furos, por meio dos quais o ar frio ia para baixo e gerava os cubos de gelo necessários.
Ao mesmo tempo, todo o ar quente era deslocado da parte inferior para a parte superior e, assim, era possível manter fresco cada um dos alimentos, sem nenhuma dificuldade. O objetivo podia ser alcançado graças ao rioQanat e as torres eólicas acima mencionadas, que eram, na verdade, muito semelhantes aos atuais aquedutos. Consequentemente, o Yakhchal representava o local ideal para a obtenção de temperaturas bem abaixo do zero, mesmo quando fora, haviam 40 graus à sombra. Os antigos persas podiam assim se deliciar com a saborosa sobremesa chamada Faloodeh. E estas cúpulas milagrosas sobreviveram até nossos tempos, graças à sua extraordinária resistência.
Fonte:
*Mirtzi Lima Ribeiro, cidadâ do Planeta Terra, palestrante e pesquisadora.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda