Google Tag Manager

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Origem da pratica de ler a mao com a cigana

A origem da prática de ler a mão com a cigana remonta à Grécia, a Índia ao Egito e aos Antigos Judeus.

O nome desta ciência ou pseudo-ciência é a Quiromancia.
As ciganas que leem as mãos em nossas cidades no Brasil trazem esta herança da Romênia, e a obtiveram de Roma, pelos Gregos, Indus e outros povos.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre
A Fortune Teller, a Leitora da Fortuna, por Caravaggio (1594-1595;lona ;Louvre), descrevendo uma leitura da palma da mão.

A Leitora da fortuna, por Enrique Simonet (1899)

Quiromancia, ou quiromancia (também escrito cheiromancy , a partir do  kheir grego ( χεῖρ , ός ; " mão " ) e Mantéia ( μαντεία , ας ; " adivinhação ")) , é a alegação de caracterização e de prever o futuro através do estudo da palma da mão , também conhecido como leitura de mãos ou chirology .

A prática é encontrada em todo o mundo, com inúmeras variações culturais. 

Aqueles que praticam a quiromancia são geralmente chamados quiromantes , quiromantes , leitores de mão , analistas de mão, ou chirologists.

Também é uma ciência de estudo dos Esotéricos.

As informações descritas abaixo são representativas da  narração da quiromancia moderna (Grega); as muitas e muitas vezes conflitantes, interpretações de várias linhas e palmares, são os resultados das várias escolas de quiromancia de vários países.

Estas contradições entre diferentes interpretações , bem como a falta de suporte empírico para as previsões da quiromancia , contribuem para a percepção da quiromancia como uma pseudociência entre os acadêmicos .

Conteúdo
1 História
1.1 Quiromancia Antiga
1.2 Quiromancia Moderna
2 Técnicas
3 Importância da mão esquerda e direita
4 A forma da Mão
5 Linhas
6 Crítica
7 Em filmes e programas de televisão
8 Veja também
9 Referências
10 Leitura

História 

A Antiga Quiromancia
A Quiromancia era uma prática comum em  muitos lugares diferentes na Eurásia ; [1] tem sido praticada nas culturas da Índia , Tibete, China , Pérsia, Suméria , antiga Israel e na Babilônia.

Segundo alguns, ele tinha suas raízes em [2] Hindu ) Astrologia (conhecido em sânscrito como Jyotish ), chinês Yijing ( I Ching ) e Roma ( ciganos ) adivinhos .

 [2] Há vários milhares de anos atrás, acredita-se que o sábio hindu Valmiki seja o responsável [3] por ter escrito um livro que, foi descoberto e que compreende 567 estrofes. 

O título de que se traduz em Inglês como "Os Ensinamentos de Valmiki Maharishi em Quiromancia para os Homens".


 [3 ] [4] Da Índia , a arte da quiromancia se espalhou para a China, Tibete , Egito, Pérsia e outros países da Europa

[2] [ 5] da China , quiromancia progrediu à Grécia, onde Anaxágoras a praticava. 

[2] Aristóteles (384-322 aC) descobriu um tratado sobre o assunto da quiromancia em um altar de Hermes, que ele então apresentou a Alexandre, o Grande (356-323 aC) , que teve grande interesse em examinar o caráter de seus oficiais , analisando as linhas de suas mãos. 

[6] Aristóteles afirmou que: "As linhas não estão escritas sobre a mão humana sem razão. Eles emanam de influências celestes e da individualidade do homem."

Assim, Aristóteles, Hipócrates e Alexandre, o Grande, popularizaram as legislações e práticas de quiromancia.

Hipócrates procurou usar quiromancia para auxiliar seus procedimentos clínicos .

Durante a Idade Média a arte da quiromancia foi ativamente reprimida pela Igreja Católica como superstição pagã. Tornou-se uma ciência completamente fechada do conhecimento de poucas pessoas, isto é um conhecimento Esotérico. Quase foi perdida na totalidade a ciência da antiguidade.

 No Renascimento a magia, a quiromancia (conhecido como " quiromancia ") foi classificada como uma das sete "artes proibidas ", juntamente com a 1) Necromancia , 2) Geomancia , 3) Aeromancia , 4) Piromancia , 5) Hidromancia e 6) Escapulomancia. [7]

Elementos proibidos na Idade Média de serem pesquisados para o avanço da humanidade.
1-Mediunidade - Elemento Astral
2- Radiestesia - Elemento Eter
3- Energia Vibracional - Elemento Ar
4- Energia Sutil - Elemento Fogo
5- Terapia floral e da água - Elemento Água
6- Interpretação da configuração dos ossos - Elemento Terra
7- Quiromancia, leitura das mãos - Elemento Humano-Divino (Amor).

Quiromancia Moderna
A quiromancia experimentou um avivamento de interesse na partida era moderna com a publicação do Capitão Casimir Stanislas D' Arpentigny La Chirognomie em 1839. [5]

Foto à esquerda, William John Warner, conhecido como Cheiro , um expoente influente da quiromancia no final do século 19.

A Sociedade Chirological da Grã-Bretanha foi fundada em Londres por Katherine St Hill em 1889 com o objectivo declarado de avançar e sistematizar a arte da quiromancia e evitar que charlatães abusassem da arte. [8] 

Edgar de Valcourt-Vermont ( o Conde de St Germain ) fundou a Chirological Sociedade Americana em 1897.

A figura central no movimento de quiromancia moderno foi o irlandês William John Warner, conhecido por seu apelido , Cheiro.

Depois de estudar em gurus na Índia , Cheiro montou uma prática quiromancia em Londres e teve uma grande sequência de clientes famosos de todo o mundo , incluindo celebridades famosos como Mark Twain, W.T. Stead , Sarah Bernhardt, Mata Hari , Oscar Wilde, Grover Cleveland, Thomas Edison, o Príncipe de Gales , o general Kitchener, William Ewart Gladstone, e Joseph Chamberlain. 


Tão popular era Cheiro como uma "Sociedade quiromante " que mesmo aqueles que não eram crentes no ocultismo tiveram suas mãos lidas por ele. 

O cético Mark Twain escreveu no livro de visitas de Cheiro que ele tinha " ... exposta a minha personagem para mim com precisão humilhante."

Edward Heron-Allen , um polímata Inglês que publicou várias obras, incluindo o livro de 1883, Quiromancia - . Um Manual de Cheirosophy que ainda está em impressão [5 ] [9],

Houveram tentativas de formular algum tipo de base científica para a arte , a maioria nomeadamente na publicação de 1900 " as Leis da Mão - Revista Scientific Reading ", de William G. Benham . [10]

Técnicas

A Quiromancia consiste na prática de avaliar o caráter de uma pessoa ou a vida futura pela "leitura" da palma da mão da pessoa.

As várias "linhas" ("Linha coração ", " linha da vida " , etc ) e "montes " (ou formas - quirognomia) supostamente sugerem interpretações por seus tamanhos relativos , qualidades e cruzamentos. 

Em algumas tradições , os leitores também examinam as características dos dedos, unhas, impressões digitais e padrões de pele palmar (dermatoglíficas ), a textura da pele e cor, forma da palma da mão e flexibilidade da mão.

Um leitor geralmente começa pela leitura de "mão dominante" da pessoa (a mão que ele ou ela escreve como a que usa mais ), às vezes considerada como a mente consciente , enquanto o outro lado é subconsciente. 

Em algumas tradições da quiromancia , o outro lado, isto é a outra mão, é acreditado para realizar traços hereditários ou familiares, ou, dependendo de crenças cosmológicas do quiromante, para transmitir informações sobre o passado de vida ou condições cármicas (vidas passadas).

A estrutura básica para a quiromancia "Clássica" (a tradição mais amplamente ensinada e praticada ) está enraizada na mitologia grega. 

Cada área da palma da mão e dos dedos está relacionado a um deus ou deusa gregos, e os recursos que a área indicar são a natureza do aspecto correspondente ao deus por ele referido.

Por exemplo, o dedo anelar (é o dedo do anel de casamento)  é associado com o deus grego Apolo ; características do dedo anelar estão ligados a relações do sujeito com a arte, música, estética , fama, riqueza e harmonia.

Significado da mão esquerda e direita

Embora existam varias opiniões sobre qual lado é melhor para ler, ambos os lados têm o seu próprio significado. 

É costume  supor que a mão esquerda mostra potencial em um indivíduo, e à direita mostra a personalidade realizada. 

Algumas palavras sobre o significado incluem:

O futuro é mostrado na direita, o passado na esquerda ";

Num giro anti-horário, o futuro vem pela esquerda (Planeta Terra).

 "A mão esquerda é o que nós nascemos, e o direito é o que temos feito dele";

 "A mão direita é lido para os homens , enquanto a esquerda é lida para as mulheres"; 


"A mão esquerda  revela o que os deuses vão lhe dar , a mão direita revela o que você faz com o que ganhou".

Em geral,  "A mão direita é lida para as pessoas destras, enquanto a esquerda é lida para as pessoas canhotas".

A escolha do lado de ler é , em última análise até o instinto e a experiência do praticante.

A mão esquerda é controlada pelo hemisfério direito (reconhecimento de padrões , a compreensão relacionamento) , reflete a pessoa interior , o self natural, o anima, e o pensamento lateral.

Como as mãos são controladas por lados opostos do cérebro, a mão direita é controlada pelo cérebro esquerdo (lógica , razão e linguagem).

 Já à mão esquerda reflete a pessoa exterior, auto objetivos, influência do ambiente social, educação e experiência. Ela representa o pensamento linear.


Forma da Mão
Dependendo do tipo de quiromancia praticado, e do tipo de leitura que está sendo executada, os estudiosos  podem olhar para várias qualidades de mão e fazer uma observação atenta, incluindo as formas e as linhas da palma da mão e dos dedos; a cor e textura da pele e das unhas; os tamanhos relativos da palma e dedos; a proeminência dos dedos; e numerosos outros atributos das mãos .

Na maioria das escolas de quiromancia , as formas de mão são divididas em quatro ou 11 tipos principais, por vezes, correspondentes aos elementos clássicos ou temperamentos . 

Acredita-se que a forma da mão pode  indicar traços de caráter que correspondem ao tipo indicado (isto é, uma "Mão tipo Fogo" apresenta alta energia , criatividade, pavio curto , ambição, etc - todas as qualidades que se acredita estarem relacionadas com o elemento clássico de Fogo ) .

Embora as variações sejam muitas, as classificações mais comuns utilizadas por quiromantes modernos incluem:

Mãos do tipo Terra são geralmente identificadas pelas amplas , palmeiras quadradas e dedos e a pele grossa ou grosseiros  e de cor avermelhada . O comprimento da palma da mão de pulso para a parte inferior dos dedos é geralmente igual ao comprimento dos dedos .


Mãos do tipo ar se apresentam quadradas ou retangulares nas palmas com dedos longos e às vezes salientes juntas , baixass os polegares menores.
Muitas vezes apresentam a pele seca. 

O comprimento da palma da mão do pulso para a parte inferior dos dedos é geralmente igual ao comprimento dos dedos .


Mãos do tipo água podem ser observadas através da palma curta.
Se apresentam  por vezes, de forma oval , com dedos cônicos, longos e flexíveis. O comprimento da palma da mão do pulso para a parte inferior dos dedos é geralmente menor do que a distância entre a parte mais larga da palma da mão, e geralmente igual ao comprimento dos dedos .


Mãos do tipo mãos de fogo,  são caracterizadas por um  formato quadrado ou retangular da palma, pele avermelhada ou rosa, e os dedos mais curtos. 
O comprimento da palma da mão do pulso para a parte inferior dos dedos é geralmente maior do que o comprimento dos dedos .


A quantidade e a qualidade das linhas podem também ser incluídas na análise da forma mão.

Em algumas tradições da quiromancia , existem mãos do tipo terra e a água. Estas mãos tendem a ter menos linhas, porém  mais profundas

Enquanto que mãos do tipo ar e fogo são mais propensas a mostrar mais linhas e com definição menos clara.

Linhas

Algumas das linhas das mãos em Quiromancia:


1 : A Linha da Vida
2:  A linha da Cabeça
3 : A Linha do Coração
4: ​​O Anel ou Cinturão de Vênus
5: A Linha do Sol
6: A Linha de  Mercúrio
7: A Linha do Destino
Nem todas estas linhas estão em todas as mãos.

As três linhas encontradas em quase todas as mãos , e geralmente recebem mais peso na análise por quiromantes, são :

A linha do coração é a primeira das grandes linhas examinadas por um leitor e representa amor e atração . [ 11 ] 

Pode ser encontrada na direção ao topo da palma da mão , com os dedos . 
Em algumas tradições, a linha é lida como a partir da borda da palma da mão sob o dedo e que flui através da palma da mão para o polegar.
Em outras tradições, ela é vista a como começar sob os dedos e que flui em direção à borda externa da palma da mão . 

Quiromantes interpretam a Linha do Coração, para representar os assuntos do coração, ou seja, mais literalmente, nossa vida emocional.

Portanto, acredita-se que é possível se ter uma visão de como os lados emocionais de nossos mindframes (quadros mentais)  atuarão fora da pessoa e como serão postas em prática durante nossas vidas e, muitas vezes, até que ponto nós possuímos reservatórios emocionais dentro de nós.

Por exemplo, uma linha do coração acorrentado ou em grade (ou linha emocional) é muitas vezes visto em pessoas que são altamente amarradas , nervosas e usam de força emocional e discernimento para alcançar suas ambições, ou seja, eles usam suas " emoções" em suas mangas, muitas vezes para tirar força . 

Esse encadeamento ou gridding (jogo da velha)  na linha do coração ( linha emocional) é muitas vezes visto em artistas intensamente criativos como músicos e escritores, bem como cientistas renomados e pesquisadores profundos. 

Lidando com as emoções , a linha também é reivindicada para indicar perspectivas românticas e relacionamentos íntimos , mais uma vez , uma linha de coração acorrentado ou em grade é dito para apontar para uma atitude de flerte para o amor, e que pode ser propenso a se apaixonar com facilidade. 

Em termos físicos , a linha do coração é indiretamente relacionada com a saúde do coração, de modo mais significativo através dos efeitos que as emoções podem ter sobre o corpo, tais como a pressão sanguínea . 

A linha do coração acorrentado é freqüentemente associada com pressão arterial elevada, mas também à uma atitude do tipo "viciado em adrenalina" na vida .


A próxima linha identificada por quiromantes é a linha da cabeça. 

Esta linha começa na borda da palma da mão sob o dedo indicador e flui através da palma da mão na direção do bordo do lado de fora.

Muitas vezes, a linha da cabeça se junta com a linha da vida (veja abaixo) no início. 

Quiromantes geralmente interpretam esta linha para representar a mente da pessoa e da forma como ele funciona, incluindo o estilo de aprendizagem , estilo de comunicação , intelectualidade e sede de conhecimento. 

Acredita-se também que a sua consulta possa indicar uma preferência por abordagens criativas ou analíticas à informação (ou seja , o cérebro direito ou esquerdo do cérebro ).


A linha da vida  talvez seja a mais interessante linha na mão. Esta linha estende-se desde a borda da palma da mão sobre o polegar e se desloca em direção a um arco de pulso . 

Acredita-se que esta linha possa representar a vitalidade e vigor, saúde física e bem-estar geral da pessoa. 

A linha da vida também é consultada para refletir grandes mudanças na vida , incluindo eventos cataclísmicos, lesões físicas e deslocalizações. 

Ao contrário da crença popular, quiromantes modernos geralmente não acreditam que o comprimento da linha de vida de uma pessoa está ligada apenas à duração da vida de uma pessoa.


O comprimento combinado destes três linhas principais (coração , da cabeça , de vida ) também pode ser usado . 

Se esse comprimento total é maior do que o usual, significa acumulação de bens.  No entanto, se ele é mais curto, esta pessoa doa o que tem muito facilmente para outras pessoas. Um comprimento semelhante sugere um indivíduo bem equilibrado.

Grandes linhas adicionais ou variações incluem:

A prega simiesca, ou de fusão das linhas do coração e da cabeça , tem um significado especial em que tanto emocional, bem como o raciocínio e a natureza da pessoa têm de ser estudadas a partir desta linha só. 

A linha de peculiar é pensada para ser uma combinação das linhas da cabeça e do coração em tais mãos que são separadamente marcadas para o resto das mãos.

De acordo com Cheiro, esta linha existe para dotar uma pessoa com uma intensidade de propósito ou obstinação, a natureza do que é decidido pela posição exata desta linha na mão e na direção de quaisquer ramos de partida, o que é normalmente o caso . 

Nas mãos, se essa linha existe sem quaisquer ramos como uma marca singular, indica uma natureza extremamente intensa e um cuidado especial é necessário para essas pessoas . 

A posição normal para a linha é quando ela está começando abaixo do dedo indicador e terminando em que normalmente a linha do coração termina na borda da mão abaixo do dedo mínimo , indicando interesses médios para a pessoa e o lateral intenso da natureza é decidido exclusivamente pela direção de quaisquer ramos que partem dele.

A metade superior da palma da mão encontra-se imediatamente abaixo dos dedos é considerada para representar a natureza superior ou intelectual e da metade inferior da palma da mão para representar o lado material da natureza da pessoa . 

Se uma destas metades é maior do que o outra, como indicado pela colocação central da linha da cabeça ou , neste caso, se o único palmar transversal vincar, mostra um maior desenvolvimento desse aspecto da natureza da pessoa . 

Partindo desse princípio geral, se esta linha está colocada abaixo de sua posição normal, ela indica uma natureza intelectual intensa ; se for colocada acima de sua posição normal, ela indica uma natureza e interesses intensamente materialistas.

A direção em que quaisquer ramos pode ser encontrados a partir desta linha de disparo tem um impacto significativo sobre a natureza desta linha, resultando em modificações adequadas a partir dos resultados acima definidos, dependendo da natureza dos montes na mão. 

Por exemplo, se um ramo desta linha se dirige para o Monte da Lua deitado no canto inferior, do lado exatamente oposto ao polegar , indica uma natureza intensamente vacilante e temperamento emocional.


A linha de destino é executada a partir da parte inferior da palma da mão perto do punho , através do centro da palma da mão para o dedo médio . 
Acredita-se que esta linha seja ligada à trajetória de vida da pessoa, incluindo a escola e de carreira em suas escolhas, sucessos e obstáculos. 
Às vezes, essa linha é pensada para refletir circunstâncias além do controle do indivíduo, ou alternativamente escolhas da pessoa e suas conseqüências.

Os  principais montes  em Quiromancia:
Júpiter, Saturno, Apolo, Mercúrio, Marte positivo, Marte negativo, planície de Marte, monte da Lua, Netuno e monte de Vênus. [12]

Outras linhas de revelações:

Linha do Sol - paralela à linha do destino , sob o dedo anelar ; Acredita-se que indicam a fama ou escândalo.

Cinturão de Vênus - inicia entre os dedos mínimo e anular , corre em um arco áspera sob o anel e os dedos médios para acabar entre o meio e dedos indicadores ; pensado para relacionar a inteligência emocional e a capacidade de manipular.

Linhas da união - linhas horizontais curtas encontradas na beira percussiva da palma da mão entre a Linha do Coração e na parte inferior do dedo mínimo ; Acredita-se que indicam relações estreitas , às vezes - mas não sempre - de cunho romântico.

Linha de Mercúrio - é executado a partir da parte inferior da palma da mão perto do punho , para cima através da palma da mão em direção ao dedo mínimo ; pretende ser um indicador de problemas persistentes de saúde, visão de negócios , ou habilidade na comunicação.

Linhas de viagens - estas são as linhas horizontais que se encontram na borda percussiva da palma da mão entre o punho e a linha do coração ; cada linha é dito para representar uma viagem feita pelo o assunto - o mais longo da linha, o mais importante da viagem é o assunto.

Outras marcas - que incluem estrelas, cruzes, triângulos, quadrados , tridentes e anéis sob cada um dos dedos ; seu suposto impacto e significado varia conforme a localização na palma da mão e da liberdade de outras linhas de interferência.

" Linha de Apolo " - a linha de Apolo significa ter uma vida feliz ; ele viaja a partir do Monte da Lua no pulso para debaixo do dedo de Apolo .

Crítica
Crítica da quiromancia , muitas vezes recai sobre a falta de evidência empírica que apoia a sua eficácia. A literatura científica tipicamente refere quiromancia como pseudocientífica ou crença supersticiosa . [13 ] Os céticos costumam incluir quiromantes em listas de supostos médiuns que praticam a leitura fria . A leitura fria é a prática que permite que os leitores de todos os tipos , incluindo os quiromantes, apareçam como tendo um poder psíquico utilizando-o com alta probabilidade de adivinhação e inferir em detalhes com base em sinais ou pistas de que a outra pessoa deixa[14] .

Em filmes e programas de televisão 
Quiromancia foi mostrada em uma série de filmes e programas de televisão , incluindo:

Amaya (2011) - Através do uso de Himalad ( quiromancia ), a sacerdotisa descobriu que Amaya é o escolhido - a menina com uma cobra gêmea que vai matar o Rajah feroz.
Eat Pray Love (2010) - personagem de Julia Roberts vai para uma leitura de quiromancia , que transforma sua vida.
A linha Simian (2001) - Leituras por um conjunto psíquico peculiar em movimento na trama principal do filme.
Antes do Amanhecer (1995) - o personagem de Julie Delpy tem sua palma lidas, enquanto o personagem de Ethan Hawke é marginalizado , levando a um discurso cínico de seu personagem.
Escada de Jacob (1990) - personagem de Tim Robbins, tem sua palma lida em uma festa, que atua como um presságio sinistro.
Teen Witch (1989) - Enquanto o personagem de Robyn Lively tem sua palma lida, a cartomante reconhece-a como bruxa reencarnada que em breve estará entrando em seus poderes.
Os Simpsons - Quiromancia é satirizada na 4 ª Temporada Episódio 8 New Kid on the Block .
Fun and Fancy Free (1947) - Em Mickey e o Pé de Feijão , Mickey lê palma da mão do gigante
Are You Being Served ? (1972-1985) - Na terceira estréia da série (1975) , o Sr. Humphries (interpretado por John Inman ) lê a mão de um cliente asiático , prevendo um acidente. Mais tarde, ele faz acontecer .
O Corcunda de Notre Dame - Quando Quasimodo Esmeralda diz que ele é um monstro, ela lê a palma da mão e não vê "linhas Monster" .
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - Harry tem um curso de adivinhação e brinca em quiromancia .

Mãos do Destino (1954 filme) - quiromante Dr. Josef Ranald aparece como ele mesmo. 
Ele supostamente leu as palmas das grandes e bons homens famosos ( e líderes nazistas também ) em meados do céculo 20 com grande precisão!

Veja também
Alectryomancy
Chironomia
Relação Digit
Mão Guidonian
Frenologia
Reflexologia
Prega transversal palmar única
Tarot

Referências
Ir para cima ^ Dwivedi . Maravilhas da Quiromancia pp 16-20
^ Ir para cima : a b c d Omura. Acupuncture . pp.172 -174 . De acordo com esta teoria, a quiromancia foi desenvolvida na Índia e depois estendida por todo o mundo .
^ Ir para cima : a b Dwivedi . Maravilhas da Quiromancia p . 25-26
Ir para cima ^ Sharma . O A- Z de quiromancia . p . 95
^ Ir para cima : a b c Chinn . Tecnologia. p.24 ... não foi até o final do século XIX que palmreading decolou na Grã-Bretanha , França e Estados Unidos, graças a três grandes figuras meio-de Casimir : Stanislas d' Arpentigny , Edward Heron-Allen e .. Cheiro .
Ir para cima ^ James , Brandon. " PALMISTRY " . Retirado 20 de fevereiro de 2012 .
Ir para cima ^ Johannes Hartlieb (Munique, 1456 ) O Livro de Todas as artes proibidas ; citado em Lang, p. 124 .
Ir para cima ^ " The London Cheirological Society " .
Ir para cima ^ Heron -Allen . quiromantia
Ir para cima ^ " quiromancia ~ Origens e História " .
Ir para cima ^ " quiromancia " . Scripts místico. Retirado 20 de fevereiro de 2012 .
Ir para cima ^ Sara Sirolli - Diagrama de quiromancia da mão 2008
Ir para cima ^ Preece , P. F., & Baxter, J. H. (2000). O ceticismo e a credulidade : As crenças supersticiosas e pseudo-científicas de estudantes do ensino secundário. International Journal of Science Education , 22 ( 11) , 1147-1156 .
Ir para cima ^ David Vernon em Skeptical - um Manual de pseudociência e do Paranormal, os editores: Donald Laycock , David Vernon, Colin Groves, Simon Brown , Imagecraft , Canberra , 1989 , ISBN 0-7316-5794-2 , p. 44 .

Leitura
Chauran , Alexandra ( 2013). Quiromancia todos os dias. Llewellyn Worldwide. ISBN 0-7387-3494-2 .
Saint- Germain, Comte C. de . Quiromancia Prática. Laird & Lee Publishers ; Chicago, 1897.
Heron -Allen , Edward (2008). Quiromancia - Um Manual de Cheirosophy ( ed reimpressão . ) . Baltzell Press. ISBN 1-4437-6535 - X .
Chinn , Sarah E. (2000). Tecnologia e da lógica do racismo americano. Continuum . ISBN 0-8264-4750-3 .
Yoshiaki Omura (2003 ) . Acupuntura Medicina : seus antecedentes históricos e Clínica. Dover Publications Inc. ISBN 0-486-42850-8 .
Cheiro . Quiromancia para Todos no Projeto Gutenberg
Doublepalm + Projeto O projeto Doublepalm + é um site sem fins lucrativos sobre como fazer a leitura da palma com as pessoas na web mais como leitura de mãos no mundo real.
Hari Dutta Sharma (1995 ) . O A- Z de quiromancia . Nova Deli, Índia : Sterling Publishers Pvt.Ltd . ISBN 81-207-1661-2 .
Bhorai Dwivedi (1970 ) . Maravilhas da quiromancia . Nova Deli: Diamante Pocket Books . ISBN 81-284-0099-1 .

O Wikimedia Commons possui multimídia sobre quiromancia .

Métodos de adivinhação
Categorias: Divination Pseudoscience History

Para ver o original em inglês, clique sobre Mais informações, abaixo.

Palmistry
From Wikipedia, the free encyclopedia
Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Palmistry



The Fortune Teller, by Caravaggio (1594–95; Canvas; Louvre), depicting a palm reading

The Fortune Teller by Enrique Simonet (1899)

Palmistry, or chiromancy (also spelled cheiromancy; from Greekkheir (χεῖρ, ός; “hand”) and manteia (μαντεία, ας; “divination”)), is the claim of characterization and foretelling the future through the study of the palm, also known as palm reading or chirology. 

The practice is found all over the world, with numerous cultural variations. 

Those who practice chiromancy are generally called palmists, palm readers, hand readers, hand analysts, or chirologists.

The information outlined below is briefly representative of modern palmistry; there are many ― often conflicting ― interpretations of various lines and palmar features across various schools of palmistry. 

These contradictions between different interpretations, as well as the lack of empirical support for palmistry's predictions, contribute to palmistry's perception as a pseudoscience among academics.

Contents
1 History
1.1 Ancient Palmistry
1.2 Modern Palmistry
2 Techniques
3 Significance of the left and right hand
4 Hand shape
5 Lines
6 Criticism
7 In films and television
8 See also
9 References
10 Further reading

History
Ancient Palmistry

Palmistry is a practice common to many different places on the Eurasian landmass;[1] it has been practised in the cultures of India, Tibet, China, Persia, Sumeria, Ancient Israel and Babylonia.

According to some, it had its roots in [2]Hindu) Astrology (known in Sanskrit as Jyotish), Chinese Yijing (I Ching), and Roma(Gypsy) fortune tellers.[2] Several thousand years ago, the Hindu sage Valmiki is thought[3] to have written a book comprising 567 stanzas, the title of which translates in English as "The Teachings of Valmiki Maharshi on Male Palmistry".[3][4] From India, the art of palmistry spread to China, Tibet, Egypt, Persia and to other countries in Europe.[2][5]From China, palmistry progressed to Greece where Anaxagoras practiced it.[2] Aristotle (384–322 B.C.E.) discovered a treatise on the subject of palmistry on an altar of Hermes, which he then presented to Alexander the Great (356–323 B.C.E.), who took great interest in examining the character of his officers by analyzing the lines on their hands.[6] Aristotle stated that "Lines are not written into the human hand without reason. They emanate from heavenly influences and man's own individuality."[this quote needs a citation] Accordingly, Aristotle, Hippocrates and Alexander the Great popularized the laws and practice of palmistry.[citation needed] Hippocrates sought to use palmistry to aid his clinical procedures.[citation needed]

During the Middle Ages the art of palmistry was actively suppressed by the Catholic Church as pagan superstition. In Renaissance magic, palmistry (known as "chiromancy") was classified as one of the seven "forbidden arts," along with necromancy, geomancy, aeromancy, pyromancy, hydromancy, and spatulamancy (scapulimancy).[7]

Modern Palmistry

It experienced a revival in the modern era starting with Captain Casimir Stanislas D'Arpentigny publication La Chirognomie in 1839.[5]

Cheiro, an influential exponent of palmistry in the late 19th century.

The Chirological Society of Great Britain was founded in London by Katherine St Hill in 1889 with the stated aim to advance and systematise the art of palmistry and to prevent charlatans from abusing the art.[8] Edgar de Valcourt-Vermont (Comte de St Germain) founded the American Chirological Society in 1897.

A pivotal figure in the modern palmistry movement was the Irish William John Warner, known by his sobriquet, Cheiro

After studying under gurus in India he set up a palmistry practice in London and enjoyed a wide following of famous clients from around the world, including famous celebrities like Mark Twain, W. T. Stead, Sarah Bernhardt, Mata Hari, Oscar Wilde, Grover Cleveland, Thomas Edison, the Prince of Wales, General Kitchener, William Ewart Gladstone, and Joseph Chamberlain

So popular was Cheiro as a "Society Palmist" that even those who were not believers in the occult had their hands read by him. The skeptical Mark Twain wrote in Cheiro's visitor's book that he had "...exposed my character to me with humiliating accuracy."

Edward Heron-Allen, an English polymath, published various works including the 1883 book, Palmistry - A Manual of Cheirosophy which is still in print.[5][9] There were attempts at formulating some sort of scientific basis for the art, most notably in the 1900 publication “The Laws of Scientific Hand Reading" by William G. Benham.[10]


Techniques

Chiromancy consists of the practice of evaluating a person's character or future life by "reading" the palm of that person's hand. Various "lines" ("heart line", "life line", etc.) and "mounts" (or bumps) (chirognomy) purportedly suggest interpretations by their relative sizes, qualities, and intersections. In some traditions, readers also examine characteristics of the fingers, fingernails, fingerprints, and palmar skin patterns (dermatoglyphics), skin texture and color, shape of the palm, and flexibility of the hand.

A reader usually begins by reading the person's 'dominant hand' (the hand he or she writes with or uses the most)(sometimes considered to represent the conscious mind, whereas the other hand is subconscious). 

In some traditions of palmistry, the other hand is believed to carry hereditary or family traits, or, depending on the palmist's cosmological beliefs, to convey information about past-life or karmic conditions.

The basic framework for "Classical" palmistry (the most widely taught and practiced tradition) is rooted in Greek mythology. 

Each area of the palm and fingers is related to a god or goddess, and the features of that area indicate the nature of the corresponding aspect of the subject. 

For example, the ring finger is associated with the Greek god Apollo; characteristics of the ring finger are tied to the subject's dealings with art, music, aesthetics, fame, wealth, and harmony.
Significance of the left and right hand.

Though there are debates on which hand is better to read from, both have their own significance. It is custom to assume that the left hand shows potential in an individual, and the right shows realized personality. Some sayings about the significance include "The future is shown in the right, the past in the left"; "The left hand is the one we are born with, and the right is what we have made of it"; "The right hand is read for men, while the left is read for women"; "The left is what the gods give you, the right is what you do with it"; "The right hand is read for right-handed people, while the left is read for left-handed people"
.  The choice of hand to read is ultimately up to the instinct and experience of the practitioner.

Left 

The left hand is controlled by the right brain (pattern recognition, relationship understanding), reflects the inner person, the natural self, the anima, and the lateral thinking.

Righ

As opposites are, the right hand is controlled by the left brain (logic, reason, and language), reflects the outer person, objective self, influence of social environment, education, and experience. It represents linear thinking.

Hand shape

Depending on the type of palmistry practiced, and the type of reading being performed, palmists may look at various qualities of the hand, including the shapes and lines of the palm and fingers; the color and texture of the skin and fingernails; the relative sizes of the palm and fingers; the prominence of the knuckles; and numerous other attributes of the hands.

In most schools of palmistry, hand shapes are divided into four or 11 major types, sometimes corresponding to the Classical elements or temperaments

Hand shape is believed to indicate character traits corresponding to the type indicated (i.e., a "Fire hand" would exhibit high energy, creativity, short temper, ambition, etc. - all qualities believed to be related to the Classical element of Fire).

Although variations abound, the most common classifications used by modern palmists:

Earth hands are generally identified by broad, square palms and fingers, thick or coarse skin, and ruddy color. The length of the palm from wrist to the bottom of the fingers is usually equal to the length of the fingers.

Air hands exhibit square or rectangular palms with long fingers and sometimes protruding knuckles, low-set thumbs, and often dry skin. The length of the palm from wrist to the bottom of the fingers is usually equal to the length of the fingers.

Water hands are seeable by the short, sometimes oval-shaped palm, with long, flexible, conical fingers. The length of the palm from wrist to the bottom of the fingers is usually less than the width across the widest part of the palm, and usually equal to the length of the fingers.

Fire hands are characterized by a square or rectangular palm, flushed or pink skin, and shorter fingers. The length of the palm from wrist to the bottom of the fingers is usually greater than the length of the fingers.

The number and quality of lines can also be included in the hand shape analysis; in some traditions of palmistry, Earth and Water hands tend to have fewer, deeper lines, while Air and Fire hands are more likely to show more lines with less clear definition.

Lines

Some of the lines of the hand in Palmistry
1: Life line - 2: Head line - 3: Heart line - 4: Girdle of Venus - 5: Sun line - 6: Mercury line - 7: Fate line

The three lines found on almost all hands, and generally given most weight by palmists:
The heart line is the first of the major lines examined by a reader and represents love and attraction.[11] It is found towards the top of the palm, under the fingers. In some traditions, the line is read as starting from the edge of the palm under the little finger and flowing across the palm towards the thumb; in others, it is seen as starting under the fingers and flowing toward the outside edge of the palm. Palmists interpret this line to represent matters of the heart, that is, more literally, our emotional living; it is therefore believed to be an insight into how the emotional sides of our mindframes will act out and be acted upon during our lifetimes, and often said, to what extent we possess emotional reservoirs within us, for example, a chained or gridded heart line (or emotional line) is often seen in people who are highly strung, nervous and draw upon emotional strength and insight to attain their ambitions, i.e. they wear their 'emotions' on their sleeves, often to draw strength. Such chaining or gridding on the heart line (emotional line) is often seen in intensely creative artists such as musicians and writers, as well as deeply driven scientists. Dealing with emotions, the line is also claimed to indicate romantic perspectives and intimate relationships, again, a chained or gridded heart line is said to point to a flirtatious attitude to love, and one which can be prone to fall in love easily. On a physical level, the heart line is indirectly associated with heart health, more so through the effects that emotions can have on the body such as with blood pressure. A chained heart line is often associated with high blood pressure, but also of an 'adrenaline junkie' attitude in life.

The next line identified by palmists is the head line. This line starts at the edge of the palm under the index finger and flows across the palm towards the outside edge. Often, the head line is joined with the life line (see below) at inception. Palmists generally interpret this line to represent the person's mind and the way it works, including learning style, communication style, intellectualism, and thirst for knowledge. It is also believed to indicate a preference for creative or analytical approaches to information (i.e., right brain or left brain).

The life line is perhaps the most controversial line on the hand. This line extends from the edge of the palm above the thumb and travels in an arc towards the wrist. This line is believed to represent the person's vitality and vigor, physical health and general well being. The life line is also believed to reflect major life changes, including cataclysmic events, physical injuries, and relocations. Contrary to popular belief, modern palmists generally do not believe that the length of a person's life line is tied to the length of a person's life.
The combined length of these three main lines (heart, head, life) can also be used. If this combined length is longer than a persons foot they may be over bearing. However, if it is shorter they may give in too easily to other people. A similar length suggests a well balanced individual.

Additional major lines or variations include:
A simian crease, or fusing of the heart and head lines, has special significance in that both emotional as well as reasoning nature have to be studied from this line alone. The peculiar line is thought to be a combination of the head and heart lines on such hands that are separately marked on the rest of the hands.
According to Cheiro, this line is thought to endow a person with an intensity of purpose or single-mindedness, the nature of which is decided upon by exact position of this line on the hand and the direction of any branches shooting from it, which is normally the case. In hands where such a line exists without any branches as a singular mark, it indicates an extremely intense nature and special care is needed for such persons. The normal position for the line is starting below the index finger and ending where normally the heart line terminates at the edge of the hand below the little finger, indicating average interests for the person and the intense side of the nature is decided purely by the direction of any branches shooting from it.
The upper half of the palm lying immediately below the fingers is considered to represent the higher or intellectual nature and the lower half of the palm to represent the materialistic side of the nature. If one of these halves is larger than the other as decided by the central placement of the head line or in this case the single transverse palmar crease it shows greater development of that aspect of the nature. Based on this general principle, if this line is placed below its normal position it indicates an intensely intellectual nature; if it is placed above its normal position it indicates an intensely materialistic nature and interests.
The direction in which any branches may be found shooting from this line have a significant impact on the nature of this line resulting in suitable modifications from the above defined results depending on the nature of the mounts on the hand. For instance, if a branch from this line shoots to the mount of Moon lying on the lower edge of the hand exactly opposite the thumb, it indicates an intensely vacillating nature and emotional temperament.
The fate line runs from the bottom of the palm near the wrist, up through the center of the palm towards the middle finger. This line is believed to be tied to the person's life path, including school and career choices, successes and obstacles. Sometimes this line is thought to reflect circumstances beyond the individual's control, or alternately the person's choices and their consequences.

The mounts in Palmistry
Jupiter, Saturn, Apollo, Mercury, Mars positive, Mars negative, plain of mars, Luna mount, Neptune mount, Venus mount.[12]

Other minor lines:

Sun line
- parallel to the Fate Line, under the ring finger; believed to indicate fame or scandal

Girdle of Venus - starts between the little and ring fingers, runs in a rough arc under the ring and middle fingers to end between the middle and pointer fingers; thought to relate to emotional intelligence and the ability to manipulate
Union lines - short horizontal lines found on the percussive edge of the palm between the Heart Line and the bottom of the little finger; believed to indicate close relationships, sometimes - but not always - romantic.

Mercury line - runs from the bottom of the palm near the wrist, up through the palm towards the little finger; purported to be an indicator of persistent health issues, business acumen, or skill in communication.

Travel lines - these are horizontal lines found on the percussive edge of the palm between the wrist and the heart line; each line is said to represent a trip taken by the subject - the longer the line, the more important the trip is to the subject.


Other markings - these include stars, crosses, triangles, squares, tridents, and rings under each of the fingers; their supposed impact and meaning varies by location on the palm and freedom from other interfering lines.
"Apollo line" - the Apollo line means to have a fortunate life; it travels from the Mount of the Moon at the wrist to beneath the Apollo finger.

Criticism

Criticism of palmistry often rests with the lack of empirical evidence supporting its efficacy. Scientific literature typically regards palmistry as a pseudoscientific or superstitious belief.[13] Skeptics often include palmists on lists of alleged psychics who practice cold reading. Cold reading is the practice that allows readers of all kinds, including palmists, to appear psychic by using high-probability guessing and inferring details based on signals or cues from the other person.[14]

In films and television

Palmistry has been shown in a number of films and television shows, including:
Amaya (2011) - Through the use of Himalad (Palmistry) the priestess found out that Amaya is the chosen one - the girl with a twin snake who will kill the ferocious Rajah.
Eat Pray Love (2010) - Julia Roberts' character goes in for a palmistry reading which transforms her life
The Simian Line (2001) - Readings by a quirky psychic set in motion the main plot of the film
Before Sunrise (1995) - Julie Delpy's character has her palm read, while Ethan Hawke's character is sidelined, leading to a cynical rant from his character
Jacob's Ladder (1990) - Tim Robbins' character has his palm read at a party, which acts as an ominous portent
Teen Witch (1989) - While Robyn Lively's character has her palm read, the fortune teller recognizes her as reincarnated witch who will soon be coming into her powers
The Simpsons - Palmistry is lampooned in the Season 4 Episode 8 New Kid on the Block.
Fun and Fancy Free (1947) - In Mickey and the Beanstalk, Mickey reads the giant's palm
Are You Being Served? (1972-1985) - In the third series premiere (1975), Mr. Humphries (played by John Inman) reads an Asian customer's hand, foretelling an accident. Later on, it does happen.
The Hunchback of Notre Dame - When Quasimodo tells Esmeralda he's a monster, she reads his palm and sees no "monster lines".
Harry Potter and the Prisoner of Azkaban - Harry takes a course in divination and dabbles in palmistry.
Hands of Destiny (1954 film) - Palmist Dr Josef Ranald appears as himself. He had supposedly read the palms of the great and the good (and leading Nazis) in the mid century 20 with huge accuracy!

References

Jump up^ Dwivedi. Wonders of Palmistry pp. 16-20
^ Jump up to:a b c d Omura.Acupuncture. pp.172 -174. According to this theory, palmistry developed in India and then extended across the world.
^ Jump up to:a b Dwivedi. Wonders of Palmistry p. 25-26
Jump up^ Sharma. The A-Z of Palmistry. p. 95
^ Jump up to:a b c Chinn. Technology. p.24...it was not until the mid- to late nineteenth century that palmreading took off in Britain, France and the United States thanks to three major figures: Casimir Stanislas d'Arpentigny, Edward Heron-Allen and ..Cheiro.
Jump up^ James, Brandon. "PALMISTRY". Retrieved 20 February 2012.
Jump up^ Johannes Hartlieb (Munich, 1456) The Book of All Forbidden Arts; quoted in Láng, p. 124.
Jump up^ "The London Cheirological Society".
Jump up^ Heron-Allen. Palmistry
Jump up^ "PALMISTRY ~ ORIGINS & HISTORY".
Jump up^ "Palmistry". Mystic Scripts. Retrieved 20 February 2012.
Jump up^ Sara Sirolli - Palmistry diagram of hand 2008
Jump up^ Preece, P. F., & Baxter, J. H. (2000). Scepticism and gullibility: The superstitious and pseudo-scientific beliefs of secondary school students. International Journal of Science Education, 22(11), 1147-1156.
Jump up^ David Vernon in Skeptical — a Handbook of Pseudoscience and the Paranormal, editors: Donald Laycock, David Vernon,Colin Groves, Simon Brown, Imagecraft, Canberra, 1989, ISBN 0-7316-5794-2, p. 44.

Further reading
Chauran, Alexandra (2013). Palmistry Every Day. Llewellyn Worldwide. ISBN 0-7387-3494-2.
Saint-Germain, Comte C. de. Practical Palmistry. Laird & Lee Publishers; Chicago, 1897.
Heron-Allen, Edward (2008). Palmistry - A Manual of Cheirosophy (reprint ed.). Baltzell Press. ISBN 1-4437-6535-X.
Chinn, Sarah E. (2000). Technology and the logic of American racism. Continuum. ISBN 0-8264-4750-3.
Yoshiaki Omura (2003). Acupuncture Medicine:Its Historical and Clinical Background. Dover Publications Inc. ISBN 0-486-42850-8.
Cheiro. Palmistry for All at Project Gutenberg
Doublepalm+ project The Doublepalm+ project is a non-profit site about making palm reading with people on the web more like palm reading in the real world.
Hari Dutta Sharma (1995). The A-Z of Palmistry. New Delhi, India: Sterling Publishers Pvt.Ltd. ISBN 81-207-1661-2.
Bhorai Dwivedi (1970). Wonders of Palmistry. New Delhi: Diamond Pocket Books. ISBN 81-284-0099-1.
Wikimedia Commons has media related to chiromancy.

Methods of divination

Categories:
Divination
Pseudoscience
History of astrology

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda