Google Tag Manager

segunda-feira, 12 de julho de 2010

O que os lábios e a boca podem revelar?

 

Boca bonita

 

 

Labios sensuais

A testa e as sombrancelhas são  a sede da energia mental.

O nariz e a boca servem para a expressão do pensamento e da decisão.

A boca segue o movimento das sombrancelhas. Nestas de acumula a simpatia e pela boca se desprende.

Quando vemos uma boca apertada, cuja fenda se extende em linha reta com lábios pouco salientes, podemos supor que a pessoa aprecia a ordem, o asseio, a pontualidade e que o seu amor próprio é forte.

Se os lábios são proporcionais, bem iguais e fecham-se sem esforço, encontramos um caráter honesto e justo, bom juizo, reflexão e firmeza.

Se o lábio superior sobressai um pouco ao inferior denota bondade; quando pelo contrário, o inferior é mais saliente denota prudência e cálculo; sendo a saliência do lábio inferior muito desproporcional ao superior pode denotar malícia, bobice, rudez ou avareza.

A pessoa que costuma conservar a boca sempre aberta denota surpreza. Em geral, aquela pessoa que tem o hábito de conservar a boca semi-aberta, com as pontas dos dentes descobertas pode denotar indecisão.

Os lábios carnudos denotam sensualidade.

Os lábios muito espessos são testemunho de sensibilidade, gulodice e indolência, principalmente se o inferior é muito grosso.

Os lábios finos, estreitos, podem denotar avareza ou inquietação.

Quando a linha que separa os lábios é horizontal, o caráter é bondoso; se se eleva nos ângulos, o homem pode ser zombeteiro; se se abaixa, pode significar desprezo, decadência moral ou física, ou cinismo.

Sendo a boca considerávelmente afastada do nariz, com os ângulos caídos, pode haver indício de egoismo, orgulho e astúcia.

Quando os lábios são magros, sem bordos e como que cortados à faca, revelam menor sensualidade.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda