Google Tag Manager

sábado, 16 de março de 2013

o q é yin e yang


Yin-yang
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Yin-yang










O taijitu, a forma mais conhecida de representar o conceito de yin-yang (yīnyáng).
Chinês tradicional 陰陽
Chinês simplificado 阴阳
Pinyin yīnyáng
Coreana hangul 음양
Coreano hanja 陰陽
Coreano romanizado oficial eumyang
Coreano romanizado









McCune-Reischauer ŭmyang
Vietnamita Âm-Dương
Japonês kanji 陰陽
Japonês romanizado in'yō/onmyō
Tailandês หยิน หยาง o อิม เอี้ยง

O yin-yang são dois conceitos do taoísmo, que expõem a dualidade de tudo o que existe no universo. 


Descreve as duas forças fundamentais opostas e complementares, que se encontram em todas as coisas. 

O "yin" é o princípio feminino, a terra, a passividade, escuridão, e absorção. 
O "yang" é o princípio masculino, o céu, a luz, atividade, e penetração.[1]

Segundo essa ideia, cada ser, objeto ou pensamento possui um complemento do qual depende para a sua existência e que por sua vez existe dentro de si. 

Assim, se deduz que nada existe no estado puro nem tão pouco na passividade absoluta, mas sim em transformação contínua. 

Além disso, qualquer ideia pode ser vista como seu oposto quando visualizada a partir de outro ponto de vista. 

Neste sentido, a categorização seria apenas por conveniência. Estas duas forças, yin e yang, seria a fase seguinte do "tao", princípio gerador de todas as coisas, de onde surgem.







Esta doutrina é de uso corrente na medicina tradicional chinesa.

Princípios complementares

Segundo este princípio, duas forças complementares compõem tudo que existe, e do equilíbrio dinâmico entre elas surge todo movimento e mutação. 

Essas forças são:
Yang: o princípio ativo, diurno, luminoso, quente.
Yin: o princípio passivo, noturno, escuro, frio.

Também é identificado como o tigre e o dragão representando os opostos.

Essas qualidades acima atribuídas a cada uma das dualidade são, não definições, mas analogias que exemplificam a expressão de cada um deles no mundo fenomenico. 

Os princípios em si mesmos estão implícitos em toda e qualquer manifestação.

Os exemplos acima não incluem qualquer juízo de valor, e não há qualquer hierarquia entre os dois princípios.

 Assim, referir-se a yang como positivo apenas indica que ele é positivo quando comparado com Yin, que será negativo. 

Esta analogia é como a carga elétrica atribuída a protons e electrons: os opostos complementam-se, positivo não é bom ou mau, é apenas o oposto complementar de negativo.







O diagrama do Taiji simboliza o equilíbrio das forças da natureza, da mente e do físico. 
Yang (branco) e Yin (preto) integrados num movimento contínuo de geração mútua representam a interação destas forças.

A realidade observada é fluida e em constante mutação, na perspectiva da filosofia chinesa tradicional. 

Portanto, tudo que existe contém tanto o princípio Yin quanto o Yang. 
O símbolo Taiji expressa esse conceito: o Yin dá origem ao Yang e o Yang dá origem ao Yin.

Desde os primeiros tempos, os dois polos arquetípicos da natureza foram representados pelo claro e pelo escuro, pelo inflexível e pelo dócil, pelo acima e pelo abaixo.

O Yang, o poder criador era associado ao céu e ao Sol, enquanto o Yin corresponde à terra, ao receptivo, à Lua.

O céu está acima e esta cheio de movimento.
A terra - na antiga concepção geocêntrica - está em baixo e em repouso.

Dessa forma, Yin passou a simbolizar o repouso, e Yang, o movimento.

No reino do pensamento, Yin é a mente intuitiva, complexa, ao passo que Yang, é o intelecto, racional e claro.

Yin é a tranquilidade contemplativa do sábio, Yang a vigorosa ação criativa do rei.






O Hotu representa a geração do Tai Chi a partir do vazio
Esse diagrama apresenta uma disposição simétrica do yin sombrio e do yang claro . 
A simetria, contudo não é estática. 
É uma simetria rotacional que sugere,de forma eloquente, um continuo movimento cíclico.

Os dois pontos do diagrama simbolizam a ideia de que toda vez que cada uma das forças atinge seu ponto extremo, manifesta dentro de si a semente de seu oposto

Yin-Yang é uma técnica chinesa que significa lados opostos como o Branco (Yang) tem como figura um tigre e o Preto (Yin)
 Tem como figura um dragão.
 Ambos são opostos significa que cada força existe bem e mal como podemos ver em seu símbolo achamos um ponto de cada cor em cada lado é o Bem e o Mal.








Yin-yang na medicina tradicional chinesa









Bandeira da Coreia do Sul










I Ching









Taoísmo












Taijitu









Acupuntura e psicologia











Nova Era

Referências

↑ Grande enciclopédia Larousse (página 11710). Madri: Planeta.

Ligações externas

O Diagrama do Tai Chi, artigo de Roque E. Severino.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda