Google Tag Manager

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Eu tenho boca grande? Yin Yang


Posted by Picasa
As estátuas gregas como esta de Perséfones acima, raramente apresentavam bocas grandes, pois esta condição é recente no homem.

Mikio Kushi  no livro Diagnóstico Visual, pergunta: "Já pensaram por que as estátuas e pinturas orientais e gregas raramente apresentam bocas grandes?"

























A resposta está em que esta condição, a de se ter boca grande, é recente no nosso desenvolvimento biológico e é consequência da falta de alimentos preparados a fogo e do excesso de sal na alimentação.



















Boca pequena de uma estátua grega acima.
Quantos estudiosos se terão perguntado por que se modificou tanto a face humana ao longo do tempo?

Boca de uma estátua romana, mais recente. Note-se que o tamanho da boca já é um pouco maior.

Se os estudiosos tivessem buscado as respostas na antiga sabedoria oriental, teriam como resposta que a fonte de todas estas modificações reside na alimentação.

Cada orgão do rosto tem uma função específica.
O nariz cheira, os olhos vêem, os ouvidos ouvem, etc. A boca tem duas funções ao mesmo tempo: tátil e gustativa.

A boca é a porta de entrada da alimentação e pode ser a porta do desastre ou a chave para abrir o destino e a sorte.

Uma boca proporcional se estende apenas até os limites externos das fossas nasais

e uma boca com estas característica é uma boca Yang (figura 1).

Já uma boca rasgada, que se estende além dos limites das fossas nasais é uma boca Yin.

Geralmente, a espessura de ambos os lábios deve ser a mesma.

Veja também o artigo correspondente aos lábios, para maiores informações,
estimado leitor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda