Google Tag Manager

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Massagem nos pés – parte 2

Massagem nos pés – parte 2

Reflexologia Podal

Massagem nos pés para problemas específicos.

Veja parte 1 para introdução ao assunto e figuras das plantas dos pés.
Fonte para ambas as matérias: Revista Planeta Seu Corpo edição de outubro de 1985, esgotada.
O conteúdo de ambas as matérias é apenas informativo. Procure um terapeuta ou agente de saúde.
Autor dos artigos da série O Corpo: Walter Vetillo. Editora Três.
Reflexologia Mapa do Pé Direito Lateral
Reflexologia Mapa do Pé Esquerdo Lateral
Dor de cabeça
A dor de cabeça pode ser causada por muitas coisas – tensão, esforço dos olhos, indigestão, dor de ouvido, etc. O alívio pode ser obtido trabalhando os dedões, particularmente suas extremidades. Determinar o orgão mais sensível e trabalhar o seu reflexo.
Enxaqueca
Trabalhar os reflexos do plexo solar, a ponta do dedão e os reflexos servicais sobre a lateral externa do dedão. Massagear o reflexo para o cólon, se este se apresenta sensível, e o reflexo do cóccix.

Para ler mais, clique em Mais Informações, abaixo.

Equilíbrio de Cálcio
Trabalhar os reflexos das paratireóides.
Fadiga
Trabalhar os reflexos da tireóide, paratireóide e glândulas endócrinas, que regulam o tônus muscular.
Fígado
Trabalhar os reflexos para o fígado e tireóide, mas nunca mais do que duas vezes por semana. Entre suas muitas outras funções, o fígado armazena proteína.
Gases
Trabalhar os reflexos da válvula ileocecal, estômago e curva sigmóide.
Hipertensão
Massagear primeiro o reflexo para o plexo solar. Determinar então quais reflexos estão sensíveis e massagea-los. A alta pressão sanguinea pode ser devida a muitas causas, incluindo toxicidade do cólon e problemas com os rins. Se o reflexo dos rins é massageado, é necessário trabalhar também sobre o do ureter e bexiga.
Inflamação
Qualquer inflamação pode ser aliviada pressionando o ponto da sola do pé distante cerca de duas e meia polegadas (cada polegada corresponde à medida da segunda falange do polegar) da lateral posterior do calcanhar (em direção aos dedos dos pés, no  centro do pé e da bola do calcanhar.
Nervosismo
Massagear os reflexos do plexo solar e da pituitária e tireóide. Para relaxamento, massagear esses reflexos diariamente.
Olhos
Se os problemas nos olhos são principalmente de natureza funcional, massagear os reflexos dos olhos na raíz do segundo e terceiro dedos.
Se os problemas nos olhos estão associados com tensão no pescoço, girar o dedão para relaxar o pescoço e trabalhar os reflexos da área servical na lateral externa do dedão.
Se glaucoma está envolvido, trabalhar também os reflexos dos rins e intestinos.
Em caso de estrabismo, trabalhar o reflexo do cóccix.
Para cataratas massagear as paratireóides, assim como os reflexos mencionados acima.
Os olhos e os ouvidos estão muito relacionados, então é aconselhável trabalhar os reflexos de ambos.
Olhos lacrimejantes estão relacionados a condições da garganta.
Uma sensação de secura e coceira na garganta e tosse não indica necessáriamente resfriado; esses sintomas podem estar revelando um estado de alta tensão e o alívio pode ser conseguido trabalhando de maneira suave diretamente sobre o queixo e os reflexos da garganta.
Pedra nos rins
Trabalhar os reflexos dos rins, pituitária, tireóide e paratireóides.
Peso
Tanto para a falta como para o excesso de peso, massagear o reflexo da tireóide. Se há constipação, massagear os reflexos dos intestinos.
Resfriado simples
Trabalhar os reflexos das áreas afetadas, tais como pulmões e garganta. Para coriza, trabalhar o dedão. Para resfriados agudos e acompanhados de febre alta, trabalhar o reflexo da pituitária a cada 15 minutos. Se isso não for possível, trabalhar os dedos das mãos várias vezes por dia.
Respiração
Para falta de ar, tabalhar as áreas dos pés imediatamente abaixo dos terceiro e quarto dedos.
Importante:
Procure sempre orientação médica em se tratando de questões de saúde.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda