Google Tag Manager

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Alcool canforado e excelente para a pele e alivia as dores da fibromialgia

Alcool canforado é excelente para a pele e alivia as dores da fibromialgia.
Experimente e deixe seu comentário.










Cânfora

Cânfora
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fonte: 
http://pt.wikipedia.org/wiki/C%C3%A2nfora

Cânfora



Classificação científica

Reino: Plantae

Divisão: Magnoliophyta

Classe: Magnoliopsida

Ordem: Laurales

Família: Lauraceae

Género: Cinnamomum

Espécie: C. camphora


Nome binomial
Cinnamomum camphora
L.


O canforeiro (Cinnamomum camphora (L.) J. Presl; sin: Laurus camphora L.) é uma árvore pertencente à família Lauraceae e ao género Cinnamomum, o mesmo da árvore que produz a canela

Esta árvore é nativa de algumas regiões do Extremo Oriente, particularmente do Taiwan, do Japão e da China meridional.

Esta árvore é a origem da cetona conhecida como cânfora (C10H16O), uma substância branca, cristalina, com um forte odor característico e obtida a partir da seiva.

 A extracção é feita pela oxidação do pineno (parte principal da essencia de terebentina). 
É uma combinação acíclica. 
Apresenta-se em grandes massas brancas, grano-cristalinas, translúcidas de cheiro particular penetrante e de um sabor um tanto amargo. 
É pouco solúvel na água, dissolvendo-se facilmente no álcool, éter e demais solventes orgânicos. 
Volatiliza-se desde a temperatura comum. 
É usada na fabricação de celuloide e de pólvora sem fumaça.

Conhecida desde a antiguidade, a cânfora é utilizada como incenso e no preparo de medicamentos.

Diz-se que seu cheiro é inibidor de aranhas e traças.
 Para tanto, é recomendável a diluição em álcool para o seu borrifamento nas paredes e armários.

Princípios ativos: Terpenos (alfa-pineno, nopineno, canfeno, dipenteno, cariofileno, cadineno, bisaboleno, canfazuleno etc.), álcoois (borneol, linalol, alfa-terpinol etc.), cetonas (cânfora, piperitona), óxidos (cineol etc.)

Outros nomes populares da planta

Erva-cavaleira, rabugem-de-cachorro, alcanforeiro.
Nome em outros idiomas
Espanhol: alcanforero
Francês: camphre
Inglês: camphor tree
Italiano: cânfora
Veja outros usos

Vocês já usaram cânfora com álcool como repelente? Além de servir como remédio para picadas...

2 Copos médios de álcool comum;
1 Copo de água filtrada,
3 pedrinhas de cânfora ( você encontra em qualquer farmácia, existem dois formatos, um quadradinho tipo pastilha - este você coloca três pedras; e também você pode encontrar pedrinhas menores tipo comprimidos - estes você coloca uns cinco).
Coloque a mistura em um difusor, um desses sprays que você deve ter em casa e aplica diretamente no animal com cuidado com os olhos e boca. Voce verá as pulgas saírem do pêlo na mesma hora. Aplica no ambiente todo dia até notar que não tem mais pulgas.
ATENÇÃO: tem um segredo para preparar: você tem que derreter a cânfora no álcool, depois de derretida coloca a água. É importante porque se você colocar a cânfora na água ela talha e não derrete e aí vai entupir o caninho do spray.

É ótimo mesmo, cânfora com alcool e cravo e arnixa ajudam muito também é analgésico também, auxilia no curativo de machucados, lesões e feridas expostas, ajuda a prevenir infecções de bactérias e outros microorganismos, ajuda em quase tudo é muito bom mesmo. O óleo de cân­fora, além de ter um aroma fresco, pen­e­trante e duradouro, tem muitas pro­priedades med­i­c­i­nais tam­bém, que estão lis­tadas abaixo.
Estim­u­lante e Sudorí­fico: O óleo de cân­fora é um estim­u­lante efi­caz. Estim­ula a cir­cu­lação, o metab­o­lismo, a digestão, as secreções e a excreção, assim, trata prob­le­mas e doenças asso­ci­adas com a má cir­cu­lação, a digestão lenta ou taxas hiper metabóli­cas, secreções obstruí­das etc
Anti sép­tico, Desin­fe­tante, Inseti­cida e Ger­mi­cida: O óleo de cân­fora é um exce­lente desin­fe­tante, inseti­cida e ger­mi­cida. O óleo de cân­fora pode ser adi­cionado à água de beber para desin­fe­tar, par­tic­u­lar­mente nas estações de verão e das chu­vas, quando há mais hipóte­ses de apan­har infeções pela água. Uma gar­rafa ou recip­i­ente de óleo de cân­fora, se man­tido aberto, ou um pedaço de pano embe­bido nele, quando queimado, afasta inse­tos e mata ger­mes. Uma gota ou duas de óleo de cân­fora, mis­tu­rado com grande quan­ti­dade de ali­men­tos em grão, mantêm-os a salvo dos inse­tos. A cân­fora é tam­bém usada em muitas preparações médi­cas, como pomadas e loções para curar doenças de pele, infecções bac­te­ri­anas e fúng­i­cas na pele, etc. Mis­tu­rado na água do banho, desin­fecta todo o corpo exter­na­mente e mata os piol­hos, etc.
Descon­ges­tio­nante: O forte aroma pen­e­trante do óleo de cân­fora é um descon­ges­tio­nante poderoso. Ele descon­ges­tiona ime­di­ata­mente os brôn­quios, a laringe, a faringe, as vias nasais e os pul­mões. Por­tanto, é usado em muitos bál­samos descon­ges­tio­nantes e expetorantes.
Anestésico e Cal­mante: É um anestésico muito bom e muito efi­caz para aneste­sias locais. Ele causa a dor­mên­cia dos ner­vos sen­so­ri­ais na área onde se aplica. Ele tam­bém acalma os dis­túr­bios ner­vosos e con­vul­sões, ataques epiléti­cos, ner­vo­sismo, etc.
Anti-espasmódico: É um anti-espasmódico muito efi­ciente e dá alívio ime­di­ato em espas­mos, cãi­bras, etc Tam­bém é efi­caz na cura da cólera espas­módica grave.
Afrodis­íaco: O óleo de cân­fora, quando con­sum­ido inter­na­mente, aumenta a libido, estim­u­lando as partes do cére­bro que são respon­sáveis ​​pelos dese­jos sex­u­ais. Quando apli­cado exter­na­mente, ajuda a curar prob­le­mas de ereção, aumen­tando a cir­cu­lação san­guínea nas partes afe­tadas, sendo um estimulante.
Anti-nevrálgico: A nevral­gia é uma situ­ação extrema­mente dolorosa, que é cau­sada quando o nono nervo cra­ni­ano é pres­sion­ado dev­ido ao inchaço dos vasos san­guí­neos em redor. Pode ser tratado com óleo de cân­fora que faz com que os vasos san­guí­neos se con­tra­iam e reduzam a pressão no nono nervo cra­ni­ano. Esta é mais uma apli­cação das pro­priedades cal­mantes do óleo de cânfora.
Anti-inflamatório e Seda­tivo: O arrefec­i­mento e os efeitos de pen­e­tração do óleo de cân­fora tornam-o um agente anti-inflamatório e seda­tivo. É muito útil na cura de quase todos os tipos de infla­mação, interna ou externa. Ele tam­bém relaxa o corpo e a mente e dá uma sen­sação de paz e fres­cura. É muito refres­cante, espe­cial­mente no verão. O óleo de cân­fora pode ser mis­tu­rado com a água do banho para ter esse efeito refres­cante no verão.
Entor­pe­cente: Tem efeitos nar­cóti­cos como dessen­si­bi­lizar tem­po­rari­a­mente os ner­vos e relaxar o cére­bro. Tam­bém pode fazer o cére­bro perder o con­trolo sobre os mem­bros, se tomado em excesso. O cheiro do óleo de cân­fora tam­bém é viciante. As pes­soas têm desen­volvido o forte vício de cheirar o óleo de cân­fora ou consumi-lo.
Carmi­na­tivo: Muito útil para aliviar prob­le­mas gástri­cos. Em primeiro lugar porque impede a for­mação dos gases e, em segundo lugar porque remove os gases eficazmente.
Anti reumático, Anti-flogístico e Anti-artrítico: Por ser um desin­tox­i­cante e estim­u­lante para o sis­tema cir­cu­latório, ativa a cir­cu­lação do sangue e alivia o reuma­tismo, artrite , gota, etc É tam­bém anti-flogísticos, ou seja, reduz o inchaço do corpo. Este é mais um efeito bené­fico para a boa circulação.
Out­ros Bene­fí­cios: É uti­lizado por vezes em casos de insu­fi­ciên­cia cardíaca, em com­bi­nação com out­ros medica­men­tos. É tam­bém bené­fico no trata­mento da epilep­sia, his­te­ria, doenças virais, como tosse con­vulsa, sarampo, gripe, intox­i­cação ali­men­tar, infecções dos órgãos repro­du­tores, pic­a­das de inse­tos, etc.


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Marque uma consulta comigo

Agenda